ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 24º

Meio Ambiente

Agricultor é multado em R$ 10 mil por criar gado em área de nascente

Por Renata Volpe Haddad | 26/05/2015 10:12
Agricultor criava rebanho em nascentes de Área de Preservação Permanente. (Foto: PMA/Divulgação)
Agricultor criava rebanho em nascentes de Área de Preservação Permanente. (Foto: PMA/Divulgação)

Agricultor foi autuado na tarde de ontem (25) por policiais da PMA (Policia Militar Ambiental) por criar gado invadindo nascentes em uma Área de Preservação Permanente, localizada no município de Inocência - distante 339 km de Campo Grande. Os policiais verificaram que o produtor criava animais na faixa de domínio de uma via férrea, e cercava a área de pastagem no local permitindo que o rebanho tivessem acesso a ferrovia, que está ativa. Ele foi multando em R$ 10 mil.

Além disso, o agricultor também construiu currais numa área de várzea e olhos d’água, que são áreas protegidas. O espaço cercado era utilizado para que o rebanho tomasse água sendo pisoteada pelo gado e equinos, afetando a vegetação que estava em regeneração. Os caminhos que os animais utilizavam começaram a ficar degradados. O agricultor afirmou que não tinha onde colocar os animais e por essa razão utilizava a região.

O infrator foi autuado por danificar área considerada de preservação permanente que são as nascentes e responderá também por crime ambiental e podendo pegar uma pena de detenção de um a três anos. Após a intervenção da PMA, as atividades foram interditadas e o autuado foi notificado a retirar os animais do local.

A Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) foi acionada e apreendeu os animais que não estavam vacinados.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário