ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 26º

Meio Ambiente

Apesar de estragos, volume de chuvas está abaixo do esperado em MS

Amambai, Bonito, Três Lagoas, Ponta Porã e Angélica são municípios com piores índices em novembro

Por Natália Olliver | 27/11/2023 11:18
Pessoas fugindo da chuva no Centro de Campo Grande (Foto: Campo Grande News/ Arquivo)
Pessoas fugindo da chuva no Centro de Campo Grande (Foto: Campo Grande News/ Arquivo)

Apesar dos estragos e transtornos causados pelas chuvas desde a última sexta-feira (24), o volume está abaixo do esperado para o mês de novembro em Mato Grosso do Sul. Os dados são do meteorologista Natálio Abraão e revelam que o município de Amambai é o que possui o pior índice de precipitações. Até o momento, foram 38,6 milímetros, o esperado para o período era de 152,1 mm.

Outras cidades como Bonito, Ponta Porã, Três Lagoas e Angélica também aparecem na lista com percentual inferior ao necessário. As estações de monitoramento marcaram 44,4; 40,8; 44,6 e 65,4 milímetros, respectivamente. O esperado era 149,2 em Bonito; 214,1 em Ponta Porã, em Três Lagoas, o número seria 147,1 e Angélica 156,3 milímetros.

A capital aparece com 73,8 milímetros, contra o percentual de 164,2 esperados. Neste domingo (26), choveu por cerca de uma hora em Campo Grande, mas foi a intensidade registrada em 16 minutos que causou transtornos pela cidade, com alagamentos e fortes enxurradas. A força dos ventos chegou a 52 km/h, provocou destelhamentos e queda de árvores.

Conforme a concessionária de energia, houve incidência de 4.097 descargas elétricas neste domingo, até as 21h. Além disso, a concessionária informou que ao menos dez bairros e regiões de Campo Grande foram afetados com problemas no fornecimento de energia elétrica.

No interior, a chuva da madrugada de sexta-feira (24) alagou o prédio do Instituto Moinho Cultural Sul-Aericano, em Corumbá, a 420 km da Capital. A água chegou a descer pelas escadas e salas foram alagadas. Funcionários usaram rodos para tentar puxar a água para fora do prédio.

Todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul estão com alerta amarelo para chuvas intensas conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O meteorologista Natálio Abrahão ressalta que há mais previsão de chuva no decorrer da semana, passível de mais enxurrada e enchentes.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias