ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  21    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Temporal na Capital registrou ventos de até 52 km/h

A maior intensidade da chuva durou 16 minutos e Inmet renova alerta para MS

Por Silvia Frias e Natália Olliver | 26/11/2023 12:53
Água invadiu a pista da Avenida Mascarenhas de Moraes (Foto: Juliano Almeida)
Água invadiu a pista da Avenida Mascarenhas de Moraes (Foto: Juliano Almeida)

Choveu por cerca de uma hora em Campo Grande, mas foi a intensidade registrada em 16 minutos que causou transtornos pela cidade, com alagamentos e fortes enxurradas. A força dos ventos chegou a 52 km/h provocando destelhamentos e queda de árvores. Quem estava no trânsito, teve que entrar na contramão para escapar das águas.

Segundo o serviço de meteorologia, foi na região do Jardim Panamá e Lar do Trabalhador que a ventania foi mais forte, chegando aos 52 km/h. Na área, foram registrados 46,6 milímetros de chuva. Nos bairros Santa Luzia e Amambaí, os ventos foram de 50 km/h e chuvas de 38,4 milímetros. Na Vila Progresso, 15,6 milímetros. Do total, a maior intensidade foi registrada em apenas 16 minutos.

Condutores se arriscam na Rua da Divisão, tomada pela água das chuvas (Foto:Alex Machado)
Condutores se arriscam na Rua da Divisão, tomada pela água das chuvas (Foto:Alex Machado)

O meteorologista Natálio Abraão, da Uniderp Anhanguera, ainda há mais previsão de chuva no decorrer da semana, passível de mais enxurrada e enchentes.

Hoje, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) renovou o alerta de chuvas intensas, de 20 a 30 milímetros e com ventos de 40 a 60 km/h, desta vez, para os 79 municípios do Estado.

Pela cidade - No Jardim Aero Rancho, os fortes ventos destelharam o Cras (Centro de Referência de Assistência Social). A região foi uma das mais afetadas pela ventania. No Hospital Regional, sete veículos foram atingidos na queda de uma árvore.

Por toda a cidade, leitores registraram a força das águas. Os córregos Segredo e Prosa transbordaram, prejudicando o trânsito no entorno. Na Avenida Ernesto Geisel, por exemplo, no pior momento da chuva, a faixa no sentido Centro estava intransitável.

Na Vila Nossa Senhora das graças, as pedras e o barro invadiram a Rua Três Marias, vindo das vias que ainda não estão asfaltadas. Na saída para Sidrolândia, com meia pista interditada, o jeito foi passar para outro lado, na contramão, para fugir do alagamento.

À beira do córrego e embaixo da árvore, risco que deve ser evitado (Foto: Alex Machado)
À beira do córrego e embaixo da árvore, risco que deve ser evitado (Foto: Alex Machado)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias