ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 23º

Meio Ambiente

Dourados e fronteira têm frio intenso e geada forte na madrugada

Estação da Embrapa em Dourados registrou 0,9 grau às 6h e máxima não deve superar os 13

Por Helio de Freitas, de Dourados | 29/06/2021 07:11
Vegetação coberta de gelo em Ponta Porã; cidade teve mínima de 0,4 grau (Foto: Direto das Ruas)
Vegetação coberta de gelo em Ponta Porã; cidade teve mínima de 0,4 grau (Foto: Direto das Ruas)

As regiões de Dourados e da fronteira com o Paraguai amanheceram cobertas de gelo no dia mais frio desde 2013 em Mato Grosso do Sul. As temperaturas mínimas ficaram abaixo de 1 grau em várias cidades, com sensação térmica de até 6 graus negativos.

Em Ponta Porã, maior cidade da linha internacional com o Paraguai, a mínima foi de 0,4 grau com sensação térmica de 4 negativos, segundo o meteorologista da Anhanguera Natálio Abrahão. A geada foi de intensidade forte, assim como em pelo menos outras nove cidades da região.

Em Dourados, a 233 km de Campo Grande, e o entorno, houve formação de geada na cidade-polo, em Ivinhema e Rio Brilhante, cidades onde a Embrapa Agropecuária Oeste mantém estações agrometeorológicas.

Veja o vídeo:

O frio mais intenso registrado em Dourados ocorreu às 6h, com 0,9 grau e geada de intensidade forte. Em Rio Brilhante, a mínima foi de 1,3 grau às 5h28, com geada de intensidade média. Em Ivinhema, também com geada de intensidade média, a mínima foi de 1,8 grau às 5h48.

Segundo Natálio Abrahão, foram as mais baixas temperaturas registradas em Mato Grosso do Sul desde 2013. A menor verificada hoje foi em Bela Vista, na fronteira com o Paraguai, com 1 grau negativo.

As previsões indicam que o frio vai continuar intenso pelo menos até quinta-feira (1º). Para amanhã, mas mínimas previstas devem chegar a 2 graus na região, com outra madrugada de geada.

Teto de carro coberto por gelo na madrugada de hoje em Dourados (Foto: Direto das Ruas)
Teto de carro coberto por gelo na madrugada de hoje em Dourados (Foto: Direto das Ruas)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário