ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 10º

Meio Ambiente

Em MS, chegada do La Niña trará temperaturas mais amenas, mas provocará estiagem

Meteorologista do Inmet explica que características do La Niña serão perceptíveis a partir de julho e agosto

Por Mylena Fraiha | 14/06/2024 17:57
Mata seca na região do Parque do Lageado, na Capital (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami/Campo Grande News)
Mata seca na região do Parque do Lageado, na Capital (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami/Campo Grande News)

O fenômeno climático El Niño está chegando ao fim no Brasil, de acordo com o boletim divulgado nesta quarta-feira (12), pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Entretanto, o instituto também prevê a chegada do La Niña no segundo semestre de 2024.

O El Niño é conhecido por aquecer as águas do oceano Pacífico e influenciar o clima global. Já o La Niña deve trazer efeitos inversos aos do El Niño. Deve haver aumento de chuvas no Norte e Nordeste, tendência de tempo mais seco no Sul e chuvas com menor regularidade no Centro-Sul.

Em Mato Grosso do Sul, a meteorologista do Inmet, Andrea Ramos, explica que as características do La Niña serão perceptíveis a partir de julho e agosto. Entretanto, ela aponta que as temperaturas estarão acima da média.

“As temperaturas da La Niña estarão mais amenas do que no El Niño. A questão climática é que de junho, julho e agosto as temperaturas ficarão acima da média”, explica a meteorologista do Inmet.

Andrea também destaca que, apesar de o La Niña trazer temperaturas mais amenas, haverá períodos de estiagem, baixa umidade e temperaturas mais elevadas durante o dia. “Pela manhã e ao final da noite será mais fresco, mas ao longo do dia as temperaturas se elevam”, explica.

A meteorologista também alerta que as condições climáticas provocadas pelo La Niña também podem influenciar a ocorrência de queimadas devido à baixa umidade e altas temperaturas.

Além disso, a previsão indica a chegada de massas de ar frio, que poderão trazer períodos de frio intenso por alguns dias. Há previsão de chegada de massas de ar frio, que levarão por alguns dias o frio intenso”, conclui Andrea.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias