A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

27/10/2018 09:28

Grande volume de chuva em pouco tempo causa estragos em MS

Em algumas cidades, pessoas ficaram ilhadas em chácaras e fazendas

Ricardo Campos Jr.
Chuva em Rio Brilhante deixou moradores de fazendas e chácaras ilhados (Foto: divulgação)Chuva em Rio Brilhante deixou moradores de fazendas e chácaras ilhados (Foto: divulgação)
Chuvas destruíram tubulações em Novo Horizonte do Sul (Foto: divulgação)Chuvas destruíram tubulações em Novo Horizonte do Sul (Foto: divulgação)

Mato Grosso do Sul registrou volumes altos de chuva em um curto espaço de tempo durante essa sexta-feira (26), quando temporais atingiram praticamente todas as regiões. Em Corumbá, foram 48 milímetros somente no dia de ontem, mais da metade dos 76 milímetros esperados durante todo o mês. Na Cidade Branca o acumulado de precipitações já passou dos cem milímetros.

O prefeito de Novo Horizonte do Sul, Marcílio Álvaro Benedito (PDT), disse que nos últimos dois dias foram registrados 190 milímetros de chuva. O município tem um decreto de emergência válido desde o ano passado, quando tempestades causaram diversos estragos, entre eles a destruição de pontes sobre cursos d’água na região.

“Agora a chuva danificou os paliativos. Ano passado os piores temporais foram em 20 de dezembro e 18 de janeiro, quando os prejuízos foram calculados em R$ 10 milhões. A chuva deu trégua neste sábado, mas o tempo está carregado”, afirmou o gestor.

Ele acrescenta que há maquinários nas estradas vicinais tentando recuperá-las a tempo do segundo turno das eleições neste domingo, já que várias pessoas estão ilhadas em chácaras e fazendas. “Um dos principais problemas é que tem muitas pessoas que vivem em assentamentos sem curva de nível, então a água escorre para esses locais”.

A água acumulada durante a chuva em Novo Horizonte abriu valas profundas, inclusive uma pessoa que filmava a água escorrendo torrencialmente por elas caiu quando o chão encharcado cedeu (confira no vídeo abaixo). Apesar do susto, o cinegrafista amador não se feriu.

Em Bataguassu, segundo informações do meteorologista Natálio Abrão da Uniderp, houve enchente depois de chover 30 milímetros em apenas 50 minutos. Em Jardim também foram registrados estragos, segundo ele, com 143 milímetros em seis horas, 90 milímetros nos primeiros 45 minutos.

Estradas ficaram alagadas em Novo Horizonte do Sul (Foto: divulgação)Estradas ficaram alagadas em Novo Horizonte do Sul (Foto: divulgação)

Já em Maracaju foram 39 milímetros durante uma hora e meia de temporal, elevando o acumulado para 70 milímetros. Em Miranda também houve enchentes. Nessa cidade choveu 24 milímetros.

A Uniderp também registrou chuva de 22 milímetros em Brasilândia, 18 milímetros em Iguatemi, 20 milímetros em Itaquiraí, 25 milímetros em Rio Brilhante e 11 milímetros em Sete Quedas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions