ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 23º

Meio Ambiente

Para espalhar verde e frutos, mil mudas serão entregues no sistema drive thru

O Dia da Árvore tem cardápio variado de aromas e sabores, com distribuição de mudas de acerola, romã, pitanga, goiaba

Por Aline dos Santos | 21/09/2020 08:53
Mudas se espalham por viveiro municipal de Campo Grande: verde em produção. (Foto: Henrique Kawaminami)
Mudas se espalham por viveiro municipal de Campo Grande: verde em produção. (Foto: Henrique Kawaminami)

Num chamado à consciência, o Dia da Árvore, comemorado nesta segunda-feira (dia 21), é uma oportunidade de espalhar verde, frutos e folhas por Mato Grosso do Sul.

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, Campo Grande terá distribuição de mudas de árvores frutíferas no sistema drive thru, num cardápio variado de aromas e sabores: acerola, romã, pitanga, goiaba.

Já a estiagem, que reluta em chegar ao fim na Capital - onde apesar de todas as previsões otimistas da meteorologia, a chuva não caiu-, reduziu a quantidade de mudas a ser distribuídas.

A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) faz a primeira rodada de distribuição de mil mudas a partir das 14h de hoje.

A entrega, na modalidade em que a pessoa não precisa sair do carro, será no estacionamento da CAC (Central de Atendimento ao Cidadão). A entrada dos veículos será pela Rua Cândido Mariano e saída pela Rua 25 de Dezembro.

No sábado (dia 26), seis mil mudas de árvores frutíferas serão distribuídas  a partir das 7h30, na Rua Barão do Rio Branco esquina com a Rua Arthur Jorge, ao lado do Paço Municipal.  No sistema drive thru, as entregas acontecerão até as mudas acabarem.

De acordo com o titular da Semadur, Luís Eduardo Costa, em virtude da pandemia e do período de estiagem, as distribuições de mudas foram reduzidas e os plantios adiados.

Amanhã (dia 22), será realizado o plantio simbólico de cinco de árvores na Praça do Rádio Clube. Posteriormente, assim que o período das chuvas começar, haverá mais plantio de árvores no local.

Conforme a secretaria, Campo Grande é capital reconhecida mundialmente como “Tree Cities of the World”, uma das cidades mais verdes do mundo.

Mudas de árvore nativas do Cerrado vão ser plantadas em área de um hectare em Bonito. (Foto: IASB)
Mudas de árvore nativas do Cerrado vão ser plantadas em área de um hectare em Bonito. (Foto: IASB)

Árvores no paraíso   - Em Bonito, a 257 km de Campo Grande, a cidade de MS com ares de paraíso, uma ação fará o plantio de mil mudas de espécies do Cerrado em rancho localizado a cinco quilômetros da área urbana.

O movimento  “Mil pelo planeta” destaca os benefícios do reflorestamento: preservação e recuperação de ecossistema degradado, controle da erosão do solo, fornecimento de abrigo e alimentação para a fauna, retenção de poluentes da atmosfera, redução do processo de aquecimento global e controle de temperatura (5 a 9 graus abaixo do registrado em regiões sem árvores).

As mudas são dos viveiros de espécies nativas coordenados pelo IASB (Instituto das Águas da Serra da Bodoquena).

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário