ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  15    CAMPO GRANDE 29º

Meio Ambiente

Trilha volta a ser palco para "desfile" de onças no Pantanal

Casal de onças-pintadas encantou turistas no 1º dia de atendimento ao público após 100 dias de paralisação do ecoturismo na região

Por Adriano Fernandes | 03/07/2020 20:57
Tranquilos, onças tomavam um banho de sol na trilha durante esta manhã. (Foto: Edir Alves) 
Tranquilos, onças tomavam um banho de sol na trilha durante esta manhã. (Foto: Edir Alves)

A trilha de madeira no meio do corixo São Domingos na Fazenda San Francisco, em Miranda, voltou a ser palco para o desfile de um casal de onças-pintadas na manhã desta sexta-feira (03). O resultado foi um show de imagens que mais parecem pinturas e que foram registradas pelo guia Edir Alves, de 39 anos, um apaixonado pela natureza.

No mês passado ele ganhou destaque aqui no Campo Grande News com as fotos da onça “Mariposa”. Contudo, nesta sexta-feira (03) não foi só ele quem teve a sorte de flagrar os animais, por volta das 08h30.  Hoje era o primeiro dia da retomada das atividades de ecoturismo no espaço, por isso outros noves turistas de Santa Catarina, Rio de Janeiro e da própria Capital também tiveram esse privilégio.

Conforme o guia a "Trilha da Vazante" virou ponto frequente dos animais, desde que as atividades no local foram paralisadas por 100 dias, devido a pandemia do novo coronavírus.

Onça abrindo a boca na direção das lentes do guia turistico. (Foto: Edir Alves) 
Onça abrindo a boca na direção das lentes do guia turistico. (Foto: Edir Alves)

“Descemos do veículo e caminhamos até uma distância segura e confortável para que todos os visitantes pudessem ver os animais. Sensacional, inenarrável, fantástico, inacreditável, surreal foram as palavras que ouvi dos visitantes”, disse Edir que também é conhecido como “Didi”.

Nas lindas imagens os dois animais aparecem tranquilos, deitados, abrindo a boca e olhando em direção aos visitantes, como se estivessem se exibindo para as lentes. Devido a distância em que estavam dos animais, “Didi” não tem certeza se uma das onças era a “Mariposa”, mas diz que se tratava mesmo de um casal.

A fêmea era grande e o macho, um pouco menor e nunca tinha sido visto pelo guia na região.  “Este macho ao meu ver é novo na área. Ele é baixo, forte e tem um machucado na boca", ele comenta. Depois de muito se espreguiçarem na trilha os animais saíram calmamente do local em direção a mata.

Confira a Galeria de Imagens: