ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 30º

Política

"A ninguém interessa viver num País dividido", diz Lula em 1º discurso

Presidente eleito fez a leitura de uma carta destinada ao povo brasileiro

Liana Feitosa | 30/10/2022 20:31
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, durante primeiro discurso após apuração do votos. (Foto: Reprodução / YouTube)
Presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, durante primeiro discurso após apuração do votos. (Foto: Reprodução / YouTube)

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez seu primeiro pronunciamento a pouco, logo após o término da apuração dos votos deste segundo turno das eleições 2022. Simone Tebet (MDB) foi o primeiro nome a ser citado por Lula em seu discurso. Ele agradeceu o apoio da ex-candidata à presidência e, ao citar o nome dela, foi aplaudido. Mensagem principal de Lula foi em prol da união do povo brasileiro e o fim das discórdias.

Em seguida, ele agradeceu a Deus, destacando que “Deus foi muito generoso” com ele. Segundo Lula, sua campanha não enfrentou um candidato político, mas “a máquina do Estado sendo usada a favor do candidato da situação”, e disse que se sente uma pessoa que viveu um processo de ressurreição política.

Em seguida, o presidente eleito começou a leitura de uma carta destinada ao povo brasileiro. No início do texto, Lula destacou que foi apresentado ao Brasil dois projetos opostos de governo e sua vitória representa “a vitória de um imenso movimento democrático”.

Citando a retomada do crescimento das economia, o enfrentamento a preconceitos, racismo e discriminações, Lula estabeleceu um compromisso com a paz, a democracia e a geração de oportunidades.

"Vou governar para os 215 milhões de brasileiros, e não apenas aqueles que votaram em mim. Não existem dois Brasis, somos um único país, um único povo, uma grande nação. É hora de baixar as armas”, afirmou o presidente eleito.

O candidato aprovado também reafirmou seu compromisso com o combate à fome, classificando-o como o “mais urgente”. “Se somos o terceiro maior produtor de alimentos, temos o dever de alimentar nosso povo”, declarou. Lula também prometeu retomar o programa Minha Casa, Minha Vida e restabelecer o diálogo.

Por vários minutos de seu discurso o presidente eleito falou sobre a importância do diálogo, com os poderes e com o povo, e garantiu que trabalhará para reconquistar a confiança do mercado internacional.

Ao término de seu discurso, Lula pediu para que, aqueles que não votaram nele, “olhem mais para aquilo que nos une como povo do que para nossas diferenças.” E finalizou: “obrigado! Obrigado ao povo, obrigado a Deus e obrigado à imprensa pelo tratamento dado a esse processo eleitoral. Um abraço de coração!”

Luiz Inácio Lula da Silva discursou a pouco em São Paulo. (Foto: Reprodução / YouTube)
Luiz Inácio Lula da Silva discursou a pouco em São Paulo. (Foto: Reprodução / YouTube)


Nos siga no Google Notícias