A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/05/2015 14:55

Aliados defendem conclusão de CPI antes de aprovar Processante contra Olarte

Juliana Brum
Vereador Eduardo Romero diz que colegas estão equivocados ( FOTO - Marcelo Calazans)Vereador Eduardo Romero diz que colegas estão equivocados ( FOTO - Marcelo Calazans)

Os vereadores aliados defendem a conclusão da CPI das Contas públicas para discutir eventual Comissão Processante contra o prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP). Na terça-feira, o legislativo vota o pedido da oposição para instaurar o processo contra o progressista, que pode levar à cassação do mandato.

“A Comissão não passa. Este já é um assunto pacificado” afirma o líder do prefeito na Câmara de Campo Grande, vereador Edil Albuquerque (PMDB) durante a sessão ordinária da Câmara na última quinta-feira (28).

Os vereadores: Chiquinho Telles (PSD), Paulo Siuf (PMDB), Carlos Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), Magali Picarelli (PMDB), Edson Shimabukuro (PTB) são contra a instalação da Comissão Processante. "Não adianta colocar a carroça na frente dos bois", alegou Telles. Eles defendem a conclusão da CPI das Contas Públicas e só depois começarem outra comissão.

O vereador declarado independente, Eduardo Romero (PT do B), contraria os colegas e diz que é favorável pela abertura da Comissão Processante junto com a CPI em andamento. "Meus colegas estão equivocados quando afirmam que uma comissão deve acabar para só depois a outra começar. Não há lei que proíba e ambas podem acontecer ao mesmo tempo" disse o parlamentar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions