ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 32º

Política

Aliados defendem conclusão de CPI antes de aprovar Processante contra Olarte

Juliana Brum | 29/05/2015 14:55
Vereador Eduardo Romero diz que colegas estão equivocados ( FOTO - Marcelo Calazans)
Vereador Eduardo Romero diz que colegas estão equivocados ( FOTO - Marcelo Calazans)

Os vereadores aliados defendem a conclusão da CPI das Contas públicas para discutir eventual Comissão Processante contra o prefeito da Capital, Gilmar Olarte (PP). Na terça-feira, o legislativo vota o pedido da oposição para instaurar o processo contra o progressista, que pode levar à cassação do mandato.

“A Comissão não passa. Este já é um assunto pacificado” afirma o líder do prefeito na Câmara de Campo Grande, vereador Edil Albuquerque (PMDB) durante a sessão ordinária da Câmara na última quinta-feira (28).

Os vereadores: Chiquinho Telles (PSD), Paulo Siuf (PMDB), Carlos Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), Magali Picarelli (PMDB), Edson Shimabukuro (PTB) são contra a instalação da Comissão Processante. "Não adianta colocar a carroça na frente dos bois", alegou Telles. Eles defendem a conclusão da CPI das Contas Públicas e só depois começarem outra comissão.

O vereador declarado independente, Eduardo Romero (PT do B), contraria os colegas e diz que é favorável pela abertura da Comissão Processante junto com a CPI em andamento. "Meus colegas estão equivocados quando afirmam que uma comissão deve acabar para só depois a outra começar. Não há lei que proíba e ambas podem acontecer ao mesmo tempo" disse o parlamentar.

Nos siga no Google Notícias