A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

19/08/2016 09:00

Andréia Olarte presta depoimento sobre crimes investigados por Gaeco

Ex-primeira dama está na sede do Gaeco para prestar depoimento

Leonardo Rocha e Mayara Bueno
Andreia Olarte já está no Gaeco para prestar depoimento (Foto: Fernando Antunes)Andreia Olarte já está no Gaeco para prestar depoimento (Foto: Fernando Antunes)

Andréia Olarte, esposa do ex-vice prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, chegou por volta das 8h23, na sede do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) para prestar depoimento, nesta sexta-feira (19). Ela foi levada até o local por um veículo do Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubo a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros).

O depoimento está marcado para começar a partir das 9h, onde a ex-primeira dama deve esclarecer informações ao Gaeco, que irão contribuir para a Operação Pecúnia, realizado pelo órgão do MPE (Ministério Público Estadual), que investiga crimes de lavagem de dinheiro, associação criminosa e falsidade ideológica.

Andréia foi presa na última segunda-feira (15), junto com Gilmar Olarte, além do corretor de imóveis, Ivamil Rodrigues de Almeida, que seria braço direito do casal nas aquisições imobiliárias fraudulentas, e também do empresário Evandro Simões Farinelli, suspeito de ceder o seu nome para a realização destas eventuais irregularidades.

O Gaeco começou as investigações depois que obteve informações com a quebra do sigilo bancário de Andréia Olarte e também da sua empresa, chamada Casa da Esteticista. As autoridades revelaram que durante 2014 e 2015, quando Olarte era o prefeito da Capital, a sua esposa adquiriu vários imóveis na cidade, colocando inclusive alguns bens em nome de terceiros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions