A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

01/08/2011 13:04

Após prisões, Câmara de Alcinópolis retoma trabalho à espera de suplentes

Aline dos Santos

Com três vereadores presos, a Câmara Municipal de Alcinópolis retornou hoje do recesso com a presença de seis parlamentares. De acordo com a presidente interina do Legislativo, Izamita Alves Leite (PMDB), a Câmara está à espera que os suplentes apresentem a documentação para tomar posse.

Os suplentes Alcir Gonçalves Dias, Mônica Cordeiro Alves e Dorisvaldo de Souza são de partidos da base aliada ao prefeito afastado Manoel Nunes da Silva (PR).

A convocação foi feita no dia 25 de julho e os suplentes tem prazo de 15 dias para assumir a vaga. Dentro desse período, eles ainda podem pedir prorrogação do prazo. Caso não procurem a Câmara, a presidente convoca os demais suplentes na linha sucessória.

Apesar do escândalo, com a prisão de prefeito e vereadores suspeito de participação no assassinato de Carlos Antônio Carneiro então presidente da Câmara, não houve mobilização da população.

“A cidade está esperando uma definição”, avalia Izamita. Também não há definição sobre instauração da comissão processante. A investigação corre sob segredo e não há informações do grau de envolvimento dos presos no crime.

No último dia 20 de julho, nove meses depois da execução do vereador, foram presos o prefeito, os vereadores Valter Roniz, Enio Queiroz e Valdeci Lima, o comerciante Ademir Luiz Muller e a funcionária da prefeitura Jurdete Marques de Brito.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions