A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/07/2011 12:44

Com 3 vereadores presos, Câmara de Alcinópolis retoma trabalhos na segunda

Fabiano Arruda

A Câmara de Alcinópolis retoma as atividades na segunda-feira com a realização de sessão solene às 9 horas. Três vereadores da Casa estão presos pela suspeita de envolvimento na execução de Carlos Antônio Carneiro, então presidente da Câmara, em outubro do ano passado, em Campo Grande.

A presidente interina do legislativo, Izamita Alves Leite (PMDB), afirmou que, na segunda à tarde, reunião entre os parlamentares e a assessoria jurídica vai definir como ficará a composição da mesa diretora, bem como a posse dos suplentes.

Segundo a peemedebista, os suplentes já foram convocados: Alcir Gonçalves Dias para a vaga de Valdeci Lima (PSDB), Mônica Cordeiro Alves no lugar de Enio Queiroz (PR) e Dorisvaldo de Souza para a cadeira de Valter Roniz (PR).

Mônica e Dorisvaldo ainda não apresentaram a documentação para assumirem as vagas dos titulares.

“Nós vamos realizar a sessão normalmente, nem que seja com os seis vereadores que estão aqui”, comentou Izamita. O legislativo de Alcinópolis tem nove parlamentares.

Prisões - Devido à polêmica na cidade, o prefeito interino Alcino está sob proteção policial, pois teria sofrido ameaças após a prisão do prefeito, de três vereadores e um comerciante, pela ligação com o assassinato de seu filho.

Há uma semana, o então prefeito de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva (PR), o presidente da Câmara, Valter Roniz e os vereadores Enio Queiroz e Valdeci Lima, foram presos pela suspeita de envolvimento na execução de Carlos Antônio Carneiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions