A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

29/02/2012 15:15

Após reunião em Brasília, André e 19 governadores aguardam audiência com Dilma

Wendell Reis
Puccinelli acredita em sucesso com a união dos legislativos e executivos federais e estaduais(Foto: Divulgação/Edemir Rodrigues)Puccinelli acredita em sucesso com a união dos legislativos e executivos federais e estaduais(Foto: Divulgação/Edemir Rodrigues)

O governador André Puccinelli (PMDB) revelou na manhã desta quarta-feira (29) que a reunião com 18 governadores, realizada ontem (28) em Brasília, foi positiva, tendo em vista que os governadores do Centro-Oeste e dos estados de Rondônia e Tocantins receberam o apoio de outros 13 governadores na luta por cinco anseios.

“Cinco tópicos na mesma intensidade. Renegociação da dívida já e colocação em pauta. Royalties do petróleo já. Além disso, discutirmos a Lei Kandir, o FPE (Fundo de Participação dos Estados) e neste ano o comércio não presencial. Estes cinco tópicos foram unânimes entre estes governadores”. Além de todos os tópicos levantados, os governadores ainda discutiram a obrigatoriedade de pagamento do piso salarial dos professores, mas Puccinelli afirmou que o Estado cumpre esta determinação.

O governador lembrou que após a reunião ficou definido que a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, ficou com a responsabilidade de marcar uma reunião entre todos os governadores e a presidenta da República, Dilma Rousseff (PT), para discutir os tópicos. Confiante, Puccinelli disse acreditar em algum sucesso, tendo em vista que as decisões vão contar com a participação dos legislativos e executivos federais e estaduais.

O governador também ressaltou que recebeu a garantia do presidente da Câmara Federal, Marco Maia (PT/RS), de que assim que as medidas provisórias destrancarem a pauta, agora em março, será colocado em pauta o veto presidencial à distribuição dos royalties ou uma nova proposta de distribuição destes recursos. O texto vetado garantia ao Estado o valor de R$ 204 milhões. Já com a proposta elaborada no ano passado, o Estado receberá R$ 141 milhões do Pré-Sal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions