A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

29/01/2014 15:31

Aposentado do TCE, José Alcemo filia-se ao PSB de olho na Assembleia

Josemil Arruda e Leonardo Rocha
José Ancelmo confessa que não gostaria de ter Giroto como adversário (Foto: Pedro Peralta)José Ancelmo confessa que não gostaria de ter Giroto como adversário (Foto: Pedro Peralta)

O conselheiro aposentado José Ancelmo dos Santos, que deixou nesta semana o Tribunal de Contas do Estado, assinou hoje ficha de filiação no PSB (Partido Socialista Brasileiro) e anunciou sua pretensão de concorrer a deputado estadual na eleição deste ano. A solenidade de filiação aconteceu na Câmara de Campo Grande, com a presença do presidente municipal do PSB, vereador Carlos Augusto, o Carlão, e da secretária estadual de Produção, a socialista Tereza Cristina Corrêa da Costa, que também deve concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa.

“Tenho pretensão de ser candidato a deputado estadual”, afirmou José Ancelmo, garantindo que foi incentivado pelo governador André Puccinelli (PMDB). “A ideia de ser candidato surgiu de uma conversa com o governador, com quem sempre tive um ótimo relacionamento. André disse que eu tinha muito ainda a contribuir com a política e que a região do Bolsão estava sem representante”, contou.

Ponderou, porém, que mesmo tendo ótimo relacionamento com André, vai esperar a decisão de seu partido, o PSB, para confirmar sua participação na eleição deste ano. Observou ainda que sua candidatura a deputado estadual dependeria de o secretário estadual de Obras, Edson Giroto, não disputar vaga para a Assembleia. “Giroto foi mais votado no Bolsão e não gostaria de tê-lo como adversário”, confessou.

Indagado se não teria receio de enfrentar Semy Ferraz, atual secretário municipal de Obras de Campo Grande, José Ancelmo respondeu negativamente. “Tenho apoio do irmão do Semy, que é o Milton Ferraz”, revelou. “E acredito que o Semy vai continuar na prefeitura de Campo Grande”, continuou.

José Ancelmo quer ser representante da região do Bolsão, que está sem deputado desde a saída de Diogo Tita da Assembleia para ser prefeito de Paranaíba. A região do Bolsão abrange os municípios de Chapadão do Sul, Cassilândia, Inocência, Aparecida do Tabuado e Paranaíba.

Antes de ser conselheiro do Tribunal de Contas, José Ancelmo foi secretário estadual de Fazenda e prefeito de Cassilândia.

Reforço – O presidente municipal do PSB na Capital, vereador Carlão enalteceu a decisão de José Ancelmo de filiar-se ao partido. “Vai ser grande reforço do PSB no Estado. O partido precisava de grande nomes para ajudar inclusive na campanha presidencial de Eduardo Campos em Mato Grosso do Sul. José Ancelmo vai dar qualidade ao partido”, declarou.

Já a secretária Tereza Cristina disse que o ex-conselheiro José Ancelmo vai ser importante para as pretensões eleitorais do PSB. “O PSB é a bola da vez, pois pode decidir a eleição presidencial. E o partido precisa ter musculatura”, afirmou ela.

 

*Matéria corrigida às 16h10



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions