A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/01/2012 16:39

Artuzi pode ter que reembolsar Justiça Eleitoral em quase R$ 331 mil

Edmir Conceição

Os gastos com a eleição fora de época em Dourados, em razão da renúncia de Ary Artuzi, acusado de esquema de propina e malversação de dinheiro público, chegaram a R$ 330.658,00. O valor, que saiu do orçamento da Justiça Eleitoral, poderá ser reembolsado à União, se depender do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Ricardo Lewandowski, e o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, que fizeram acordo para a recuperação judicial de recursos gastos com as eleições extemporâneas.

Ari Artuzi renunciou ao cargo em 1º de dezembro de 2011, há um ano e 12 dias. Em fevereiro de 2011 foi realizada eleição para resolver a vacância.

Entre os gastos que a Justiça Eleitoral pretende o reembolso estão despesas com auxílio alimentação dos mesários e transporte de urnas eletrônicas. Pelo acordo entre TSE e Advocacia Geral de União, a Justiça Eleitoral repasse à Advocacia-Geral da União informações sobre políticos que tiveram seus mandatos cassados para a AGU avaliar se deve responsabilizar judicialmente e cobrar de determinado político o custo gerado.

Os advogados da União poderão ajuizar, ainda, as ações de ressarcimento cobrando os valores gastos, bem como o pagamento de danos morais pelo desgaste de obrigar a sociedade de determinado município a se mobilizar, preparar uma nova eleição e votar novamente.



Calma minha gente a notícia é boa, no entanto o STF ainda não se manifestou sobre o caso. Semelhante à lei da Ficha Limpa essa decisão do TSE poderá repito poderá ser aplicada nas eleições de 2056 após minuciosa “vistas” de todos os futuros Ministros da Suprema Corte Brasileira. Gostaria de saber o motivo de meus comentários não serem publicados quando me identifico
 
Edmundo Júnior em 13/01/2012 09:41:17
A justiça e para ladrão de galinha. Para politicos não tem justiça.
 
luiz carlos em 13/01/2012 09:31:59
A Justiça é implacável com as pessoas derrotadas, e brandas com as pessoas fortes de poder e dinheiro! a justiça enxerga muito bem e está "possuída" por espíritos demoníacos!
 
clovis araujo em 12/01/2012 10:53:14
Assim como ocorreu com a Lei da Ficha Limpa, este procedimento só poderá valer a partir da próxima eleição.
 
Marco Aurélio Gonçalves Chaves em 12/01/2012 10:24:56
Não sou da corrente de Artuzi. Todavia, se vão cobrar, deveriam cobrar dos substitutos que iriam assumir o cargo e não assumiram, pelo mesmo motivo - Corrupção.
 
Marco Antonio em 12/01/2012 06:19:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions