A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/06/2013 16:49

Bernal faz direção de Ceinfs assinar documento negando falta de merenda

Zemil Rocha
Bernal esteve pessoalmente em Ceinf para exigir assinatura de documento (Foto: Arquivo)Bernal esteve pessoalmente em Ceinf para exigir assinatura de documento (Foto: Arquivo)

Depois de meses sem hortifrutis e da incisiva cobrança do Ministério Público Estadual (MPE) ao prefeito Alcides Bernal (PP), começou ontem a chegar aos Centros de Educação Infantil (Ceinfs) remessas de frutas e verduras e acompanhada de um documento para os diretores assinarem. O próprio Bernal esteve num desses Ceinfs e com cópia de matéria jornalística do Campo Grande News, exigindo que a funcionária responsável assinasse o documento que afirma não ter falta de alimentos para os alunos. E deixando claro que o documento vai ser “entregue ao Ministério Público” para comprovar a “normalidade” no abastecimento das unidades escolares infantis.

Ontem venceu o prazo dado pelo promotor público Sérgio Harfouche para que Bernal apresentasse um plano de abastecimento para acabar com a falta de alimentos nos Ceinfs. A cobrança do representante do Ministério Público acontece depois que os vereadores Flávio César (PT do B) e Carla Stefanini (PMDB), que comandam a Comissão de Assistência Social da Câmara, entregaram um requerimento denunciando a falta de alguns alimentos nos Ceinfs.

O presidente da Comissão de Assistência Social da Câmara, Flavio Cesar, recebeu também a denuncia da exigência de assinatura ao documento sobre o abastecimento dos Ceinfs, e está investigando o caso.

Nos últimos cinco meses, houve necessidade de “vaquinhas” ou gastos pessoais de diretores de Ceinfs e professores para suprir a alimentação das crianças continua vigorando em boa parte das unidades. A Prefeitura de Campo Grande possui hoje 96 creches, atendendo a um público de 14,5 mil crianças. Teriam que ser servidas quatro refeições e lanches por dia.

Os vereadores chegaram a comprovar essa situação e denunciá-la. Após isso, chegaram a ser barrados nos Ceinfs, por ordem da Secretaria Municipal de Assistência Social, não podendo fiscalizar a situação. Foi no dia 9 de abril. Representando quatro comissões da Câmara, vereadores foram impedidos de entrar em um Centro de Educação Infantil (Ceinf) Regina Seden, no Conjunto Oscar Salazar.



a minha opiniao é a seguinte;se o prefeito ta agindo mal.fora com ele ,ou entao deixa o cara tentar provar o contrario..agora que é uma sacanagem cortar a merenda das crianças isto é

 
joao batista em 06/06/2013 12:46:48
Sim concordo com a Dayane silva. Julgar é fácil, dificil é fazer e provar.
 
Willyan Souza em 06/06/2013 09:11:29
Resguardando-se o beneficio da defesa a ambos os lados, imprensa e poder publico digo que como cidadão campo grandense este fato é vergonhoso. Falta de alimentos nos Ceinfs ja é algo inaceitável, mas mais grave ainda é a imposição à assinatura deste documento para acobertar a incompetência e a falta de preocupação da prefeitura com a população. Só estou comentando o que leio pelos jornais mas conforme informações que nos chegam, o problema foi detectado e denunciado e por isto autoridades foram impedidas de entrar nos centros de educação. Não quero julgar nem criticar mas pelo que nos é apresentado, Campo Grande nunca esteve numa situação tão lastimável assim.
É lamentável ....
 
Jose Batista em 06/06/2013 08:46:42
OUTRA FALTA DE RESPEITO COM O SERVIDOR QUE É OBRIGADO A ASSINAR EM FALSO, COM PENA DE PUNIÇÃO. ISSO CHAMA ABUSO DE PODER E INCOMPETÊNCIA ADMINISTRATIVA E TOTAL DESPREPARO COM A MÁQUINA PÚBLICA. VOTEI NELE, CONTINUO ACREDITANDO, PORÉM ELE DEVE MUDAR SUA ATITUDE E SER MAIS SIMPÁTICO E ACIMA DE TUDO COERENTE.
 
marcos silva em 06/06/2013 08:01:47
E coitado dos diretores se não assinar que quase todos são cargos de confiança amanha estão tudo em sala de aula dando aula se não assinarem. OU SEJA, ASSINEM OU ASSINEM.
 
Marcelo Marinho em 05/06/2013 22:31:29
no ceinf do santa luzia falta até produto segundo uma pessoa me informou que o prefeito manda lavar os banheiros com limão socorro, temos que acabar com isso no ceinf do noroeste está faltando alimentação... verifiquem por favor, isso tá demais!!
 
elza alves de matos em 05/06/2013 22:19:49
MENTIRAS
ASSINAR O QUE POR QUE
MEDO DE QUE,
QUEM NÃO DEVE NAO TEME
SR. BERNAL
MINISTERIO PUBLICO PRA CIMA DELE
CHEGA DE BERNAL
 
JULIO JUNIOR em 05/06/2013 22:01:15
É verdade os CEINF esta sem alimentação, bomba de água estragada não tem troca á falta água, falta produtos de limpeza, as diretora nova não sabe administrar, fica de leve e traz, esta um inferno trabalhar nos ceinf. Eles poderiam mandar funcionarias qualificadas, diretores com uma vasta esperiencia não mandão pessoas despreparadas para trabalhar em grupo. Recreadora trabalham 8 horas por dia, quanhamos 770,00 reais por mês, os Pais não reconhece o que fazemos tiramos do bolso Lembrancinhas de datas comemorativas, decoração de sala, um lanche, um almoço e janta com vaquinhas, e fazemos de coração isso e os pais não reconhece e nem dizem OBRIGADO PELO DIA TRABALHADO.
 
Vanessa da Silva em 05/06/2013 20:57:19
Não é surpresa! esta pessoa dizem que foi Vereador; Deputado Estadual, agora caiu de paraquedas, Prefeito e ele sabe o que é isto?, posso sem medo de ser feliz tecer este comentário como Prefeito ele é um bom radialista, desabafei! esperar o que desta pessoa brincadeira.
 
Adão de Almeida Guerra em 05/06/2013 20:24:54
Eu concordo com a atuação do prefeito, pois só assim comprovando que estão recebendo os alimentos terá um melhor controle de tudo que sai e entra, é fácil apontar o dedo, difícil é aceitar que já existia muita coisa errada e não é de agora!



















 
Dayane Silva em 05/06/2013 19:07:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions