A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

21/10/2015 10:56

Bernal nomeia delegado e exonera auditor condenado por corrupção

Edivaldo Bitencourt
Gustavo Freire pediu demissão do cargo de assessor da prefeitura (Foto: Arquivo)Gustavo Freire pediu demissão do cargo de assessor da prefeitura (Foto: Arquivo)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), nomeou, nesta quarta-feira (21), o delegado Valmir Messias de Moura Fé, para cargo de assessor da Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais. Ele ainda exonerou do cargo semelhante o auditor da Receita Federal, Gustavo Freire, que foi condenado pela Justiça por corrupção.

Conforme o decreto, assinado por Bernal e pelo secretário municipal de Administração, Ricardo Ballock, Freire pediu demissão do cargo de assessor especial II, símbolo DCA-2, com salário de R$ 4.039, que poderia chegar a R$ 8 mil com a gratificação de 100%.

Ele foi secretário municipal de Receita e de Governo na primeira fase de Bernal e acabou sendo demitido após ser condenado por improbidade administrativa na Receita Federal de Corumbá. Gustavo Freire foi demitido do cargo pelo Ministério da Fazenda, mas acabou sendo reintegrado ao cargo por determinação do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Também foi nomeado hoje o delegado Valmir Moura Fé, que era cotado para assumir a chefia de gabinete de Bernal. Ele vai trabalhar como assessor do secretário municipal de Governo, Paulo Pedra. O ex-secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Odimar Marcon, foi nomeado, ontem, como chefe de gabinete.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions