A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

05/01/2016 07:35

Bernal vai de novo à Justiça tentar "limpar o nome" de Campo Grande

Antonio Marques
O prefeito Alcides Bernal cumpre agenda em São Paulo nesta terça-feira (Foto: Fernando Antunes)O prefeito Alcides Bernal cumpre agenda em São Paulo nesta terça-feira (Foto: Fernando Antunes)

O prefeito Alcides Bernal (PP) retorna a São Paulo nesta terça-feira, 5, para audiência no TRF (Tribunal Regional Federal). Ele continua na busca da exclusão definitiva de Campo Grande da lista do Cadin (Cadastro Informativo de créditos não quitados do setor público federal) do Banco Central.

No último dia 23, Bernal já havia ido a São Paulo para tratar do assunto. A Assessoria de imprensa justifica que 2016 é ano de “muita oportunidades” e o prefeito “está trabalhando para aproveitar todas elas”, informou.

Uma delas, talvez a maior, será a liberação do empréstimo de U$ 58 milhões do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para revitalização da área central da Capital. Agora, o prefeito tenta junto ao TRF obter e exclusão definitiva, pois é necessário estar fora do Cadin para conseguir liberação de empréstimo e financiamento.

Quando Bernal reassumiu a prefeitura, em agosto passado, Campo Grande estava com restrição no Cadin, por conta de uma dívida de 2010 no valor de R$ 2 milhões, cobrada pelo INSS referente a contribuições sobre o Funserv (Fundo de Saúde do Servidor), que a prefeitura questiona a legalidade.

Por conta da restrição, o município estava impedido de receber recursos federais alocados por convênios, além de bloquear a contratação de financiamento e empréstimos. Por meio de ação da PGM, a Prefeitura de Campo Grande obteve liminar no Tribunal Regional Federal de São Paulo, no final de setembro, garantindo ao município a exclusão do Cadin e a CRP (Certidão de Regularidade Previdenciária).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions