A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

15/09/2016 11:43

Câmara aprova projeto que institui rede de proteção às gestantes com vírus zika

Richelieu de Carlo
Vereadores aprovaram cinco projetos nesta quinta-feira (15). (Foto: Richelieu de Carlo).Vereadores aprovaram cinco projetos nesta quinta-feira (15). (Foto: Richelieu de Carlo).

Os vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande aprovaram em votação única e simbólica, na sessão ordinária desta quinta-feira (15), cinco projetos em segundo turno de discussão e votação, sendo dois deles relacionados a proteção e assistência às gestantes infectadas com o vírus Zika e crianças com microcefalia.

Serão encaminhados para sanção do prefeito Alcides Bernal (PP), o Projeto de Lei nº 8.229/16, que institui a rede de proteção às gestantes infectadas pelo vírus Zika, em Campo Grande. E o Projeto de Lei nº 8.285/16, que dispõe sobre a criação do Programa Municipal de Assistência à Criança Portadora de Microcefalia. As duas propostas de autoria do vereador Carlão (PSB).

Também foi aprovado o Projeto de Lei n° 8.217/16, de autoria do vereador Dr. Cury (SD), que institui o mês “Abril Marrom”, dedicado a ações de prevenção e combate às diversas espécies de cegueira. E o Projeto de Lei nº 8.250/16, de autoria do vereador Roberto Durães (PSC), que institui a Semana e o Dia da Conscientização sobre Alienação Parental no calendário oficial do Capital.

O Projeto de Lei nº 8.289/16, de autoria do vereador Prof. João Rocha (PSDB), que autoriza o Poder Executivo a implantar o Hospital da Mulher no município de Campo Grande, também será encaminhado ao Poder Executivo da Capital.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions