ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 26º

Política

Câmara avalia se vereadora que defendeu sonegação será punida

Presidente diz que espera apresentação de pedido de cassação; prefeito já pediu cópia da ata

Por Adriel Mattos | 16/09/2021 16:14
Rose Giuliani alegou que contribuintes de classes altas deixam de pagar em dia para aproveitar descontos do Refis. (Foto: Divulgação/CMRB)
Rose Giuliani alegou que contribuintes de classes altas deixam de pagar em dia para aproveitar descontos do Refis. (Foto: Divulgação/CMRB)

Quatro dias depois da vereadora Rose Giuliani (PSD) defender em discurso que a população de Rio Brilhante não pague impostos, a Mesa Diretora da Câmara Municipal aguarda ser provocada a tomar providências contra a parlamentar. Por enquanto, apenas o prefeito Lucas Foroni (PSD) apresentou ofício.

No documento, Foroni solicitou apenas as cópias da ata da sessão e da gravação em áudio. “Não posso fazer o encaminhamento enquanto não votar a ata na próxima sessão, na segunda-feira (20). Pode haver retificação, mas na terça-feira (21), já enviarei (ao prefeito)”, disse ao Campo Grande News, o presidente da Câmara, Juarez Alves Rosa (MDB).

Nenhum pedido de cassação do mandato de Rose foi apresentado até agora. O presidente evitou criticar a fala da colega, mas frisou que todos os parlamentares precisam avaliar suas falas. “Não se pode incentivar a população a não pagar imposto, é o que mantém a prefeitura. Assim nós ficamos sem saúde, sem educação e até sem o duodécimo da Câmara. O parlamentar tem que cuidar o que fala, pensar bem”, avaliou.

A reportagem tenta desde ontem, quarta-feira (15), ouvir a posição tanto de Rose como do prefeito, mas até agora não obteve retorno. O espaço segue aberto para manifestação de ambos.

Polêmica - Na sessão da última segunda-feira (13), a vereadora – que também é primeira -secretária da Câmara – pediu a palavra para comentar o projeto do programa municipal de renegociação de dívidas tributárias, mais conhecido como Refis do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). Para ela, há contribuintes que deixaram de pagar tributos para aproveitar vantagens como descontos.

“É uma coisa boa e vai ajudar. No meu entendimento, eu dou um conselho para a população: não pague seus impostos. Vai lá, aplica na poupança e daqui quatro anos, vai ter de novo”, disparou.

A parlamentar afirmou ainda que contribuintes das classes sociais mais altas deixam de pagar os tributos para aderir ao Refis. “Tem muito malandro que vai usar o Refis que ficou sem pagar desde 2017. Esse é o conselho que dou para aquele que está guardando seu dinheiro para pagar agora. Porque o ‘grandão’ tem dinheiro e usou para outra coisa. Então, quero o nome de quem usou esse Refis porque vou divulgar agora”, finalizou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário