A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

11/09/2016 11:39

Candidatos a prefeito informam gastos de R$ 540 mil em 25 dias de campanha

Por outro lado, arrecadaram R$ 1,4 milhão, conforme postulantes à Prefeitura de Campo Grande informaram à Justiça Eleitoral

Mayara Bueno
TRE-MS. (Foto: Arquivo).TRE-MS. (Foto: Arquivo).

Os 15 candidatos a prefeito de Campo Grande já gastaram R$ 540.070,00 em 25 dias de campanha eleitoral. Enquanto os recursos arrecadados somam R$ 1.457.683,00. Os dados foram informados ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Adalton Garcia (PRTB) declarou ter gastado R$ 920, enquanto têm R$ 1 mil de verbas recebidas. Tentando a reeleição, Alcides Bernal (PP) não informou quanto gastou, mas declarou ter recebido R$ 32,9 mil.

O candidato Alex do PT declarou R$ 5 mil de verbas recebidas, mas não disse à Justiça Eleitoral o quanto gastou até agora. Em seus registros de candidatura, Jose Flavio Arce (PCO) e Aroldo Figueiró (PTN) não falaram os recursos já desembolsados e recebidos até agora.

Do PPS, Athayde Nery arrecadou R$ 72,4 mil e gastou R$ 54 mil, por enquanto. Carlos Alberto David dos Santos (PSC) tem R$ 82,5 mil e desembolsou um pouco mais da metade para pagamento: R$ 45,9 mil. 

Elizeu Amarilha, do PSDC e Lauro Davi (PROS) são outros dois candidatos que não disseram, por enquanto, quanto receberão de recursos e nem quanto custou a quitação de serviços.

O candidato do PV, Marcelo Bluma, arrecadou R$ 111 mil e gastou R$ 18,1 mil. Marcos Trad (PSD) tem R$ 210 mil e desembolsou R$ 190,9 mil. Candidato do PMB, Pedro Pedrossian Filho tem R$ 11,2 mil, mas não disse quanto de gastos a campanha já teve.

No registro de candidatura de Rosana dos Santos, do Psol, não há registro de gastos até agora e de quanto recebeu nesta campanha.

Detentora da maior quantidade de recursos arrecadados, Rose Modesto (PSDB) tem R$ 930,6 mil e já desembolsou R$ 230 mil por enquanto. Suél Ferranti, candidato do PSTU, arrecadou R$ 950 e informou o gasto de R$ 103.

Diferente por causa de mudanças na lei eleitoral, a campanha atual proíbe a doação de empresas. Neste caso, os candidatos podem receber verbas de pessoas físicas.

Prestação de contas – Os candidatos a prefeito e vereador têm até terça-feira (13) para mandar à Justiça Eleitoral a prestação de contas parcial da campanha. A exigência é enviar informações sobre os recursos arrecadados, financeiros ou estimáveis em dinheiro, além de gastos contratados.

Independente de o candidato ter arrecadado valores ou gastos de campanhas, eles têm de enviar informações ao TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Candidatos têm até terça-feira para prestarem contas à Justiça Eleitoral
Candidatos têm até terça-feira (13) para mandar à Justiça Eleitoral a prestação de contas parcial da campanha. A exigência é enviar informações sobre...
A três semanas da eleição, candidatos intensificam visita a bairros
Quase na reta final da campanha, candidatos a prefeito de Campo Grande escolheram este domingo (11)para se reunir com eleitores e visitar os bairros ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions