A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

12/05/2014 19:36

Capital limpa nome junto ao Tesouro e pode receber R$ 490 milhões

Josemil Arruda
Rodrigo informou hoje que a prefeitura já não está na lista de inadimplentes (Foto: arquivo)Rodrigo informou hoje que a prefeitura já não está na lista de inadimplentes (Foto: arquivo)

O secretário municipal de Governo, Rodrigo Pimentel, garantiu nesta segunda-feira (16) que Campo Grande já está fora do Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal, o Cadin. “Campo Grande já está liberada do Cadin”, informou.

Segundo Pimental, tal providência era necessária para que Campo Grande pudesse assinar convênio de R$ 491 milhões com o Ministério das Cidades, inicialmente previsto para sexta-feira (9) e adiado para a sábado (17), em ato a ser realizado no Rádio Clube Cidade.

O Cadin é um banco de dados onde se encontram registrados os nomes de pessoas físicas e jurídicas em débito para com órgãos e entidades federais. A inscrição no Cadin estava impedindo a Prefeitura de Campo Grande de receber recursos federais e estaduais.

A inscrição no Cadin teria sido herdada pelo prefeito Gilmar Olarte (PP) da gestão anterior, comandada por Alcides Bernal (PP), cassado no dia 12 de março. Segundo a Secretaria Municipal de Planejamento, Finanças e Controle (Seplanfic), chegou a haver um total de 20 pendências deixadas por Bernal que tiveram de ser contornadas.

A última dessas pendências era com relação a não utilização de recurso de salário educação e merenda escolar. A cada ano tem de ser utilizado no mínimo 60% dos recursos do salário educação e merenda escolar, o que não teria acontecido em 2013, primeiro ano da gestão Bernal.

Para tirar Campo Grande no Cadin, a justificativa foi protocolada no sistema pela Seplanfic e o nome do Município foi retirado do cadastro na última sexta-feira.

 

Número de famílias endividadas sobe e de inadimplentes desce em Campo Grande
Após dois meses consecutivos em queda, o endividamento entre famílias campo-grandenses voltou a subir em junho, conforme aponta a PEIC (A Pesquisa de...
Sancionada a Lei que estabelece prazo para inadimplentes serem colocados no SPC
O projeto de lei de autoria do deputado Marquinhos Trad que estabelece um prazo de 45 dias para que os consumidores inadimplentes possam pagar suas d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions