A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

14/02/2014 10:38

Com apoio da nacional, Chocolate desafia Bernal e faz planos no PP

Leonardo Rocha
Chocolate recebe apoio da direção nacional do PP e até pensa em ser candidato a deputado estadual (Foto: Arquivo)Chocolate recebe apoio da direção nacional do PP e até pensa em ser candidato a deputado estadual (Foto: Arquivo)

O vereador Chocolate (PP) esteve, na quarta-feira (12) em reunião com a direção nacional do PP, para discutir a permanência na legenda. Ele recebeu o apoio do presidente, o senador Ciro Nogueira, e já faz até planos no partido, inclusive tendo a possibilidade de ser candidato a deputado estadual. Com aval da cúpula nacional, ele desafio o prefeito Alcides Bernal (PP) e pode continuar fora da base na Câmara Municipal.

Chocolate foi expulso pela direção do PP, após ter votado a favor da abertura da Comissão Processante contra Bernal, no entanto através de liminar da justiça conseguiu permanecer no partido “desafiando” a intenção do prefeito, que não queria ele mais no PP.

“Apesar da decisão estadual, o presidente do PP falou que não era a intenção que eu saísse, e inclusive apresentou o projeto de expansão do partido nos estados, para eleger deputados estaduais e federais”, ressaltou o vereador.

De acordo com ele, após este “aval” da direção nacional, irá continuar sua trajetória no PP e já estuda a possibilidade de disputar vaga no legislativo estadual.

“Com este apoio, realmente vou pensar nesta hipótese, não era minha intenção, mas fiquei motivado com as palavras do presidente”, apontou.

Chocolate ainda revelou que caso sua “liminar” seja suspensa no Estado, a direção nacional garantiu que “segura” sua permanência na legenda. “O presidente me disse para ficar tranquilo sobre esta situação, que será resolvida na esfera superior”.

Posição - O vereador reconhece que após esta “perseguição” política, sofrida em função do prefeito Alcides Bernal, sua posição na Câmara Municipal é de “independência”. No entanto não descarta “abrir diálogo” com o prefeito.

Chocolate foi expulso por infidelidade partidária e falta de decoro, por votar contra os interesses do prefeito.

O vereador se defendeu dizendo que não havia nenhuma indicação do PP para a votação da Comissão Processante e que seu voto foi a favor da investigação e não sobre a cassação de Bernal.

Na época Chocolate ressaltou que ao invés de cuidar das ruas da cidade que estavam sujas e abandonadas, além de se explicar sobre o aumento do IPTU, Bernal preferia persegui-lo, pois interpretou mal sua posição na Câmara Municipal.




PODE SAIR CANDIDATO PARA DEPUTADO ESTADUAL MAS NÃO TIRA NEM 1.200 VOTOS POIS NÃO TEM BERNAL PARA PEDIR VOTO PARA VC CUSPIU NO PRATO QUE COMEU . SERÁ QUE PICAR RELE TE ACEITA DE VOLTA?
 
MAURILIO NICOMEDES em 15/02/2014 23:36:08
Então tá, né?? o PP nacional quer ampliar a base com mais vereadores, deputados e Prefeitos e, no entanto, incentiva ou apoia a infidelidade do Vereador Chocolate, que, com todo o respeito, após um ano de mandato, as únicas duas coisas que se viu a respeito de sua atuação, a primeira foi a briga por conta da demissão de sua esposa. Isso não seria nepotismo??? e a segunda foi sobre a infidelidade partidária. Estou falando em infidelidade partidária, porque se o Partido quer ampliar as bases, com seu voto "irresponsável" colocou em risco o espaço do PP numa Prefeitura de uma Capital.
Mais, o PP vai apoiar a permanência de um Vereador que teve 2.500 votos e correr o risco de perder um Prefeito que teve 270.000 votos???
E mais, o Bernal é Vice-Presidente Nacional do PP.
Me engana que eu Gosto!
 
Jérson Martins em 15/02/2014 10:22:00
Este sujeito cospe no prato que comeu. Pena que na próxima eleição esses mesmos sujeitos vão estar no poder novamente porque o que se vê nessa capital é a corrente(tradição) de parentesco que se segue nos cargos políticos e públicos .
 
Valquiria Santos em 14/02/2014 19:23:01
esse o nosso prefeito e um mal agradecido
guspiu e continua guspindo em quem o estende as maos!
vai prA CIMA CHOCOLATE!
 
benedito bernades da fonceca em 14/02/2014 16:15:11
esse dai coitado não ganha mais nem pra presidente de bairro.
 
wanderleypereira em 14/02/2014 16:14:45
Até quando vai esse jogo de "Gato e Ratos" 01 ano já se foi, e a cidade?, e o povo?.
Chega disso parlamentares, vamos ajudar o povo, é para isso que vocês estão ocupando essas cadeiras.
Enquanto há essa briga, a cidade está sendo inundada pelas chuvas, a dengue está tomando conta dos bairros, os buracos aumentam nas ruas e os acidentes cada vez mais acontecem com esse trânsito maluco de Campo Grande.

Acorda povo de Campo Grande, seu voto não está tendo valor nenhum mesmo!!!
 
Luciano Silgueiros em 14/02/2014 15:43:29
Ou foi enganado pelo mesmo ou tá enxergando a grande besteira que fez em se juntar com esse prefeito que não esta fazendo praticamente nada por nossa cidade.
 
jose carlos em 14/02/2014 14:08:07
Este vereador, só conseguiu se eleger porque o seu partido "PP" era uma opção horrível e os outros candidatos mais ainda!! se ele se candidatar a deputado, não terá votos nem da sua família, pois com um ano de mandato ainda não sabe o que é ser vereador, além de ser um grande "traira"...Chocolate.. aproveite os próximos três anos de mandato, e depois volte para o Programa Picarelli, que lá que é o lugar de palhaços....
 
Chicão de assis em 14/02/2014 14:04:30
Esse camarada que foi eleito pelo povo, e que se diz vereador, deveria mostrar serviço desempenhando o seu papel de vereador, e deixar de lenga-lenga. Da próxima vez niguem vota nesse cidadão, assim ele sussega o "pito", já que até agora nada fez.
 
João Carlos em 14/02/2014 13:51:01
Não entendo essa coisas e também não faço questão de tentar entender. Se o abençoado do político errou deve sim ser investigado, independentemente de partido, situação, oposição ou outra coisa qualquer. Simplesmente vergonhoso o que está acontecendo em nossa capital.
 
Adriano Nunes em 14/02/2014 13:37:26
SE EM UMA FAMÍLIA COM PAI, MÃE E DOIS FILHOS. UM FILHO COMETE UM DELITO, O OUTRO O DENUNCIA PARA A POLÍCIA. QUER DIZER QUE OS PAIS DEVEM EXPULSAR O FILHO QUE DENUNCIOU.
ENGRAÇADO ISSO NÉ DR. BERNAL!
 
Estevão Carlos em 14/02/2014 13:21:14
Talvez Chocolate não consiga se eleger deputado, mas em compensação esse atual prefeito com certeza não se elege pra mais nada.
 
Marcelo Campos em 14/02/2014 13:18:07
Chocolate tu não ganha mais nem para representante de bairro, essa você levou na sombra do Bernal, o povo está de olho em você e nos demais.
 
Antonia Monteiro em 14/02/2014 13:16:59
Os vereadores dessa atual gestão pode tirar o cavalo da chuva que se, se, candidatarem a Deputado Estadual a população vai reprová-los. A população não aguenta mais um ano de enrolação desses vereadores e sem apresentarem nenhum serviço significativo à comunidade e falar agora em se candidatar. Pode até se candidatarem mas voltarão para seus lugarzinhos para talvez terminarem mandatos de vereador. A sociedade está de saco cheio com briga de vereadores e o Prefeito. Podem prepararem suas malas, no final de três anos que ainda faltam, a sociedade lhes dirás: Vão fazer outra coisa na vida porque, não os aprovamos mais a nenhum desses aventureiros em cargo político, chega!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Basta!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Vão tarde demais!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Até nunca mais!!!!!!!!!
 
João Alves de Souza em 14/02/2014 13:11:56
"Com aval da cúpula nacional, ele desafio o prefeito Alcides Bernal (PP) e pode continuar fora da base na Câmara Municipal." ??
 
Roberto Belini em 14/02/2014 12:52:04
Não acho que o Chocolate tenha traido o prefeito ou sido infiel com o partido, se o prefeito não está dando conta do recado, o vereador não tem a obrigação de apoia-lo e afundar junto, quanto a trair o partido, quem está traindo e enfraquecendo é o prefeito que não mostra em momento algum a sanidade minima necessária para se administrar uma cidade, muito pelo contrario, tem se mostrado uma pessoa extremamente vaidosa e turrona, que só pensa na imagem pessoal e se nega a ouvir qualquer outra voz que não seja a sua.
Quanto ao Chocolate sair para deputado estadual, aí eu acho que ele vai levar um chocolate feroz, pois tenho certeza de que ele não se elege, ele devia tentar a re-eleição quando terminar o mandato e aí sim, dependendo da resposta da população nas urnas, sair para deputado.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 14/02/2014 12:50:12
chocolate só foi eleito por estar ao lado de bernal entao é sim um traidor, deveria ter sido expulso sem sombra de duvidas, um politico e pra ser mais exato um cidadão com esse tipo de pensamento o de cuspir no prato que comeu, deve ser deputado? oque pode se esperar dele se virou a cara pra quem o ajudou a se eleger oque nos prova que nao virará a cara para o povo que o eleger?
 
Carlos Barbosa em 14/02/2014 12:49:00
mais um documento para juntar ao processo contra o vereador, onde ele desafia a direçao do pp, e ao prefeioto bernal, e so imprimir a materia, nao tem dialogo, tem que sair candidato a deputado mesmo pra ele ver que nao tem nem a metade dos votos que teve para vereador, o bernal que pedia votos para ele. Ele virou as costas para o prefeito.
 
jose adil leite em 14/02/2014 12:38:46
O que de bom esse Palhaço trouxe a nossa cidade depois de eleito vereador? Cumpriu as promessas feitas em campanha? Pelo que sabemos a primeira coisa que fez foi arranjar um "colocação" para sua "exposa" em seguida deu uma de traíra com seu colega. Agora, 2014, continua a labuta pra se manter politicamente...Não vai trabalhar não vereador? Deputado estadual? O povo já-já vai te mandar de volta pro Picarelli. Mas , sonhar não custa nada. Também com salario de marajá!!!
 
samuel gomes-campo grande em 14/02/2014 12:13:23
Quem votou no Chocolate, é certo que tb votou em Bernal, Também é certo que o vereador o traiu ou foi infiel com o Partido que elegeu. Então, pergunto: será que vereador conseguirá se eleger deputado? Com tantas controvérsias na sua curta carreira de parlamentar.
 
Elézio Corrêa de Mello em 14/02/2014 11:11:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions