A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

28/12/2016 13:14

Convicto, André Puccinelli garante que não será candidato na eleição de 2018

Ex-governador disse que já cumpriu seu ciclo na política

Mayara Bueno
Ex-governador André Puccinelli (PMDB) afirma que não disputará cargos em 2018. (Foto: Mayara Bueno)Ex-governador André Puccinelli (PMDB) afirma que não disputará cargos em 2018. (Foto: Mayara Bueno)

“Eu acho que já cumpri meu ciclo”, disse o ex-governador do Estado, André Puccinelli (PMDB) ao afirmar ao Campo Grande News que não disputará nenhum cargo político em 2018. Segundo ele, seu plano daqui 'pra frente' é continuar sendo motorista dos netos, como o ex-governador sempre fala desde que deixou o Executivo Estadual, no fim de 2014.

“Não pretendo, por enquanto e 'por sempre'. Eu não quero ser”, respondeu com convicção quando questionado sobre a possibilidade de tentar o governo novamente ou o Senado, cargos que serão disputados em 2018.

Puccinelli diz que a decisão é pessoal e acredita já ter cumprido o ciclo na política. Em maio, o ex-governador falou que pensava em desistir da vida política por não compensar “pois a pessoa fica com pecha de ladrão”.

“Não quis ser senador (em 2014), não quis ser prefeito (2016). Eu vinha falando, insistindo que não seria”, respondeu.

A declaração, feita na época, foi uma referência ao depoimento que deu a Polícia Federal em decorrência da "Fazendas de Lama", segunda fase da Operação Lama Asfáltica, que investiga 24 pessoas, entre políticos e empresários, por suspeita de fraudes em licitações para obras de manutenção de rodovias em Mato Grosso do Sul.

De fato. Desde que deixou o governo depois de dois mandatos, em 2014, André tem dito que não tem intenção de se candidatar. Preferiu concluir o mandato de governador, desistindo de disputar o Senado, e em 2016 nao quis ocupar a vaga de candidato a prefeito de Campo Grande pelo PMDB.

Carreira

Médico, Puccinelli especializou-se em urologia. Foi secretário estadual da Saúde (entre 1983 e 1985), deputado estadual por dois mandatos (de 1987 a 1991 e de 1991 a 1995) e deputado federal (de 1995 a 1996) até ser eleito prefeito da capital do Estado, em 1996.

André Puccinelli foi prefeito de Campo Grande por dois mandatos (1997–2000 e 2001–2004). No ano de 2006, Puccinelli foi eleito governador do estado de Mato Grosso do Sul, com 726.806 votos. Reeleito governador do estado de Mato Grosso do Sul com 704.407 votos no primeiro turno da eleição de 2010, para o período de 2011 a 2014.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions