A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018

27/06/2017 11:22

CPI da JBS estima gastos de R$ 30 mil por mês, diz presidente

Valor irá para contratação de advogado, demais funcionários e compra de material

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Presidente da CPI da Propina, deputado Paulo Corrêa, do PR. (Foto: Wagner Guimarães/ALMS).Presidente da CPI da Propina, deputado Paulo Corrêa, do PR. (Foto: Wagner Guimarães/ALMS).

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga suposto pagamento de propina em troca de incentivos fiscais, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deve gastar R$ 30 mil por mês. A informação é do presidente do colegiado, deputado Paulo Corrêa (PR), em entrevista nesta terça-feira (27).

A princípio, o grupo terá duração de quatro meses, mas o período pode ser estendido por igual prazo. "Ainda não foi definido, mas a estimativa de gasto é de R$ 30 mil por mês". Com duração de 120 dias, se for mesmo este valor desembolsado, a casa gastará R$ 120 mil.

Corrêa justificou o valor na contratação de um advogado processualista, compra de material e pagamento de funcionários. Servidores da Assembleia que participarem da investigação receberão somente se o trabalho exceder o expediente cumprido na casa de leis.

Semana passada, ocorreu a primeira reunião do colegiado, quando foi requisitado documentos para a Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) e para a JBS. A CPI, que investiga incentivos fiscais concedidos no período de 2010 a 2017, foi criada após delações da empresa contra o governo de MS.

Por enquanto, analisarão os documentos e dados – que ainda não chegaram à Assembleia – um auditor fiscal que será cedido pelo TCE (Tribunal de Contas Estadual), um fiscal de renda, que será Paulo Duarte, ex-prefeito de Corumbá, e um auditor da secretaria de Fazenda.

Os primeiros ofícios com pedidos de documentos foram entregues ao governo na sexta-feira (23),. conforme o presidente. Portanto, o prazo para entrega termina na quarta-feira (28).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions