A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

03/06/2016 13:10

De olho em reeleição, prefeitos se afastam e provocam mudanças na Assomasul

Michel Faustino
Toninho da Cofapi (dir) assume em lugar de Neto. (Foto: Edson Ribeiro)Toninho da Cofapi (dir) assume em lugar de Neto. (Foto: Edson Ribeiro)

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Juvenal Neto (PSDB), e outros onze prefeitos que integram a diretoria da entidade se afastaram temporariamente das funções por causa da campanha eleitoral. A entidade passa a ser comandada pelo prefeito de Inocência, Antônio Ângelo (DEM), o Toninho da Cofapi.

O afastamento é previsto na lei eleitoral para aqueles que pretender disputar cargos eletivos. A legislação fixa prazo de quatro meses antes das eleições para afastamento de dirigentes que atuam em entidades administrativas.

O prefeito de Anastácio, Douglas Figueiredo (PDT), assume o cargo de tesoureiro, enquanto Arceno Athas Junior (PROS), de Glória de Dourados, a secretaria.

O afastamento coletivo inclui o vice-presidente Erney Cunha (PT), de Jardim; o secretário-geral, Sidney Foroni (PMDB), de Rio Brilhante; 2º secretário, Robinho (PR), de Aparecida do Taboado; 3º secretário, Pedro Caravina (PSDB), de Bataguassu; Diretor de Relações Públicas, Ludimar Novais (PPS), de Ponta Porã; Diretor de Assuntos Municipalistas, Aluízio São José (PSB), de Coxim; Diretor de Patrimônio, Mário Gruger (PT), de Rio Verde; Diretor de Cultura, Gilson Romano (PMDB), de Rio Negro; Diretor Social e Esportivo, José Gomes Goulart (PMDB), de Sete Quedas; além dos membros do Conselho Fiscal, Roberto Almeida (PSDB), de Taquarussu; Nilza Ramos (PSDB), de Novo Horizonte do Sul; e Silas José da Silva (PSDB), de Agua Clara.

Também se afastaram de suas funções os suplentes do Conselho Fiscal Isabel Cristina Rodrigues (DEM), de Juti; e Juliana Almeida (PT), de Miranda.

O retorno dos membros que se afastaram direção da entidade municipalista está previsto logo após as eleições municipais de outubro.

Câmara adia de novo votação da PEC que cria distritão e fundo eleitoral
Após várias tentativas de votação nesta terça-feira (22), a análise da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 77/03, que altera o sistema político-e...
Câmara aprova parcelamento de dívidas de Estados e municípios com o INSS
A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira, 22, em plenário, a medida provisória 778/2017, que permite Estados e municípios parcelarem...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions