A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

11/11/2013 18:44

Delcídio alerta que só o PT não basta para Bernal superar a crise política

Zemil Rocha e Zana Zaidan
Delcídio falando à impresa esta tarde no Diretório do PT regional (Foto: divulgação)Delcídio falando à impresa esta tarde no Diretório do PT regional (Foto: divulgação)

O senador Delcídio do Amaral (PT) considerou positivo o fato de o prefeito Alcides Bernal (PP) ter topado implementar as propostas do PT no sentido de formar um governo de coalizão e melhorar as relações com a Câmara e outras instituições. Alertou, porém, que é preciso ampliar efetivamente a base de apoio político, sob pena de não adiantar a manutenção do apoio do PT.

“Não adianta só ter elo com o PT. Tem de trazer outros partidos para a administração municipal”, afirmou o senador Delcídio, asseverando que se Bernal conseguir implementar as propostas sugeridas pelos petistas, na direção de um governo de coalizão, continuará tendo apoio dos petistas. “Se o Bernal tomar essas medidas, aí não tenho dúvidas de que o PT continua a apoiá-lo”, declarou.

Embora tenha essa posição, Delcídio não esconde que se afastou bastante de Bernal. Indagado sobre o que levou ao afastamento, já que se falavam muito no começo da gestão, o parlamentar respondeu: “Eu realmente tinha uma relação muito boa com ele. Não fiz nada às escondidas. Sempre fui muito transparente nisso. Torço que ele vá bem, que Campo Grande vá bem. Não podemos ficar com esse impasse”.

Considera que Bernal esta demonstrando, agora, estar mais sensível à necessidade de ter mais apoio político e superar a crise com a Câmara. “Ele delegou essa função para o Pedro Chaves. Eu percebo, posso estar enganado, que o fato de Pedro ter aceito reforça o interesse do prefeito em fazer essa renegociação tanto com Legislativo quanto com Judiciário”, ponderou.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions