ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, DOMINGO  28    CAMPO GRANDE 29º

Política

Zeca minimiza derrota na Capital e diz que o importante é a disputa no PT

Por Leonardo Rocha | 11/11/2013 09:27
Zeca destaca que o PT deve ter disputa interna, independente do vencedor (Foto: Divulgação)
Zeca destaca que o PT deve ter disputa interna, independente do vencedor (Foto: Divulgação)

O ex-governador e atual vereador Zeca do PT minimizou a derrota que sofreu para o senador Delcídio do Amaral na eleição municipal do PT, na Capital. Ele apoiou a candidata Elza Jorge que foi derrotada por Gildo de Oliveira, aliado do senador. Zeca ponderou que o mais importante é o partido ter as suas disputas internas, pois isto motiva e coloca a militância em ação.

“Não importa se venceu o Gildo ou a Elza, isto é conseqüência da campanha e empenho de cada um, o mais positivo é ver a disputa e o debate no PT, isto motiva a militância, fiquei orgulhoso com esta participação”, destacou Zeca.

De acordo com ele, o debate precisa ser priorizado no PT já que assim que o partido cresce e se fortalece para as disputas eleitorais. “Sempre fui favorável as lideranças disputarem, mostrarem suas propostas, assim o partido cresce”.

Gildo destacou antes e depois da eleição que seu principal foco será o fortalecimento da militância para apoiar a candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) em 2014. Já Elza Jorge gostaria de um diretório mais autonomo, que voltasse a defender as bandeiras históricas do PT.

Corrente - Zeca destacou que sua corrente interna a CNB (Construindo um Novo Brasil), que tem como principais lideranças nacionais o ex-presidente Lula e o ex-ministro José Dirceu, foi a principal vencedora das eleições estaduais e municipais do partido.

“Faremos um levantamento do Estado e depois a nível nacional, mas já sabemos que fomos os principais ganhadores”.

O presidente estadual do PT, Marcus Garcia, destacou que vai apresentar nesta tarde, no diretório regional, o balanço de toda a eleição em Mato Grosso do Sul, além da decisão do partido de seguir com o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, como próximo presidente estadual.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário