A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

11/11/2013 09:27

Zeca minimiza derrota na Capital e diz que o importante é a disputa no PT

Leonardo Rocha
Zeca destaca que o PT deve ter disputa interna, independente do vencedor (Foto: Divulgação)Zeca destaca que o PT deve ter disputa interna, independente do vencedor (Foto: Divulgação)

O ex-governador e atual vereador Zeca do PT minimizou a derrota que sofreu para o senador Delcídio do Amaral na eleição municipal do PT, na Capital. Ele apoiou a candidata Elza Jorge que foi derrotada por Gildo de Oliveira, aliado do senador. Zeca ponderou que o mais importante é o partido ter as suas disputas internas, pois isto motiva e coloca a militância em ação.

“Não importa se venceu o Gildo ou a Elza, isto é conseqüência da campanha e empenho de cada um, o mais positivo é ver a disputa e o debate no PT, isto motiva a militância, fiquei orgulhoso com esta participação”, destacou Zeca.

De acordo com ele, o debate precisa ser priorizado no PT já que assim que o partido cresce e se fortalece para as disputas eleitorais. “Sempre fui favorável as lideranças disputarem, mostrarem suas propostas, assim o partido cresce”.

Gildo destacou antes e depois da eleição que seu principal foco será o fortalecimento da militância para apoiar a candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) em 2014. Já Elza Jorge gostaria de um diretório mais autonomo, que voltasse a defender as bandeiras históricas do PT.

Corrente - Zeca destacou que sua corrente interna a CNB (Construindo um Novo Brasil), que tem como principais lideranças nacionais o ex-presidente Lula e o ex-ministro José Dirceu, foi a principal vencedora das eleições estaduais e municipais do partido.

“Faremos um levantamento do Estado e depois a nível nacional, mas já sabemos que fomos os principais ganhadores”.

O presidente estadual do PT, Marcus Garcia, destacou que vai apresentar nesta tarde, no diretório regional, o balanço de toda a eleição em Mato Grosso do Sul, além da decisão do partido de seguir com o prefeito de Corumbá, Paulo Duarte, como próximo presidente estadual.



Até agora nunca vi em todo o processo contra o José Dirceu, nem ao menos próximo, o que Ary Rygo denunciou neste Estado e com detalhes. Aí pode tudo, ser partidário não é preciso faltar com a verdade e querer a todo custo incriminar alguém. Falar que no julgamento de José Dirceu, os Min. Fux, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e Joaquim Barbosa não foram partidarios é não conhecer nada de Direito e simplesmente torcer contra. Hoje já temos grandes Juristas deste País, discordando do uso da teoria do fato da maneira com que foi usado para incriminar principalmente José Dirceu. O fato é que José Dirceu já foi perseguido pela ditadura militar e nunca se intimidou lutando pelo seus ideais e o que ele acha certo. Mesmo com esta condenação injusta não o afastarão, nem se for preso, de seus ideais.
 
antonio pereira em 11/11/2013 10:48:49
Fortalecimento da militância? E o PT ainda tem militância?
 
luiz carlos soares em 11/11/2013 10:37:27
Até hoje não entendo pq esse cara (José Dirceu)ainda não esta preso ,e o Zeca vem falar dele como uma grande liderança no Brasil,só se for o Brasil dele pq os outros pessoas de bem querem ve-lo atrás das grades.
 
Leontino Dias da Cunha em 11/11/2013 10:22:22
O ex-ministro José Dirceu é uma grande liderança de quadrilheiros que deveria estar preso, em cana, trancafiado a bem da sociedade e do povo brasileiro. Não fosse essa justiça de mentirinha que existe no Brasil, este quadrilheiro já estaria onde merece: no presídio.
 
Raul Moreira em 11/11/2013 09:54:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions