A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/05/2016 10:00

Depois de confusão generalizada, Câmara quintuplica número de guardas

Fernanda Mathias e Alberto Dias
Pelo menos 20 seguranças estão hoje na Câmara (Foto:Alberto Dias)Pelo menos 20 seguranças estão hoje na Câmara (Foto:Alberto Dias)

Depois de uma confusão generalizada envolvendo servidores públicos municipais na Câmara Municipal de Campo Grande, a segurança no local está reforçada nesta primeira sessão da semana.

Na ocasião em que houve confusão e luta corporal, havia somente quatro guardas no local, que não foram suficientes para conter rapidamente o tumulto. O presidente da Casa, João Rocha (PSDB), admitiu a falha e prometeu providências.

Nessa manhã (10) impressionava o número de guarda, pelo menos 20 estão neste momento, número cinco vezes maior que na ocasião da briga. Também chama atenção que metade do efetivo é composto por mulheres, justamente no momento em que a maior parte do público são mulheres que protestam contra o vereador Roberto Durães (PSC) que protagonizou grande polêmica ao ofender a mãe do prefeito Alcides Bernal (PP), que disse conhecer “no silêncio dos edredons”.

Confusão – A confusão ocorreu durante a sessão plenária de quinta-feira (05) que estava sendo acompanhada por centenas de apoiadores do prefeito que protestavam contra Roberto Durães.

Enfurecidas e alegando desrespeito às mulheres, várias diretoras, professoras e outras servidoras empunhavam cartazes de repúdio e recolhiam assinaturas pedindo a cassação de Durães por quebra de decoro parlamentar.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions