A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

17/03/2018 19:39

Deputado avalia que aproximação nacional entre PSD e PSDB se repetirá em MS

Fábio Trad afirma que sociais-democratas replicarão no Estado posição adotada nacionalmente, onde o partido mostra simpatia pela pré-candidatura de Geraldo Alckmin ao Planalto

Humberto Marques
Fábio Trad afirma que não faria sentido seguir no Estado uma posição diversa da nacional. (Foto: Divulgação/Assessoria)Fábio Trad afirma que não faria sentido seguir no Estado uma posição diversa da nacional. (Foto: Divulgação/Assessoria)

O deputado federal Fábio Trad (PSD) foi mais um político a afirmar que as alianças em Mato Grosso do Sul serão diretamente influenciadas pelo cenário nacional visando as eleições de outubro. O parlamentar acredita que a proximidade entre os sociais-democratas e o PSDB deve ser replicada no Estado, contudo, frisou que o quadro ainda não está definido.

“O PSD vai tomar posição em Mato Grosso do Sul alinhada com a da direção nacional. Hoje, o partido está muito próximo ao Alckmin [Geraldo Alckmin, governador de São Paulo e pré-candidato tucano à Presidência da República]”, disse Fábio. “Não teria sentido apoiarmos um candidato a presidente que seja outro que o partido apoiaria em âmbito nacional. É algo incoerente e não contribuiria para manter nossa linha ideológica”.

Assim como Fábio, o ex-prefeito do PTB e pré-candidato ao Senado, Nelsinho Trad –irmão do deputado federal–,também admitiu que há aproximação entre PTB e PSDB, que só será confirmada próximo ao prazo de realização das convenções partidárias, entre julho e agosto. Contudo, frisou também que as definições dependem dos arranjos nacionais em torno da candidatura ao Planalto –o PTB também nutre proximidade com os tucanos e, mais especificamente, de Alckmin.

Grupo – Nelsinho participou em 10 de janeiro, em Ivinhema –a 282 km de Campo Grande– do primeiro ato político do PSDB neste ano com a presença do governador Reinaldo Azambuja, que saudou o petebista como pré-candidato a senador.

Nelsinho e Fábio também integram um mesmo grupo político, ao lado do prefeito Marquinhos Trad (PSD), cuja tendência seria caminhar unido nas eleições deste ano –primo dos três, o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) chegou a ser incluído no grupo, porém, diante movimentações nacionais em torno da candidatura própria do presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (RJ), ao Palácio do Planalto, e de uma possível candidatura do partido ao governo estadual, o parlamentar sul-mato-grossense disse considerar difícil uma aproximação dos tucanos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions