A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/08/2015 11:58

Deputado denuncia MPE por não investigar corrupção em MS

Aline dos Santos
Zeca do PT fez denúncia hoje ao Conselho Nacional do Ministério Público. (Foto: Reprodução/Facebook)Zeca do PT fez denúncia hoje ao Conselho Nacional do Ministério Público. (Foto: Reprodução/Facebook)

O MPE (Ministério Público Estadual) foi denunciado por postergar apuração de denúncias, inclusive sobre a operação Lama Asfáltica, que apontou esquema de fraudes envolvendo empreiteiras, servidores e parte da cúpula da ex-administração estadual. A representação ao CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público), localizado em Brasília, foi feita nesta quarta-feira pelo deputado federal Zeca do PT.

“Ao longo de 2013 e 2014, fiz 20 representações ao MPE pedindo providência para investigar as coisas e nada foi feito. Sempre postergou e retardou qualquer investigação. Isso me traz muita preocupação. O Ministério Público na pode ter esse comportamento vergonhoso e hipócrita”, afirma o parlamentar.

Ainda de acordo com Zeca, causou estranheza o fato de a instituição decidir investigar as irregularidades apontadas na Lama Asfáltica quase um mês depois da operação. A ação da PF (Polícia Federal), CGU (Controladoria-Geral da União) e Receita Federal aconteceu em 9 de julho. Porém, somente em 3 de agosto o MPE criou uma força-tarefa para atuar nos procedimentos já em tramitação nos que vierem a ser instaurados decorrentes da Lama Asfáltica.

“Tomou iniciativa quase um mês depois. As mesmas denúncias ensejaram atitude corajosa do Ministério Público Federal e Polícia Federal. Quando [as denúncias] eram contra mim, eles aceitavam até escrita em papel higiênico. Eram ativos, enérgicos e não jogavam para a torcida”, afirma o deputado. Zeca do PT foi governador de Mato Grosso do Sul entre 1999 e 2007.

Conforme o parlamentar, nas listas das denúncias que foram proteladas estão irregularidades na construção de casas populares, superfaturamento na obra do Aquário do Pantanal e farra da publicidade na última gestão estadual.

Zeca vai protocolar uma segunda representação no CNMP nos próximos dias. Desta vez, vai questionar o arquivamento de 226 inquéritos. “Será que nada disso merecia investigação? Para que serve o Ministério Público de Mato Grosso do Sul?”, questiona.

Conforme o CNMP, a representação passa por análise e segue para a Corregedoria, que define providência a ser tomada. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do MPE e aguarda resposta.

Lama - A operação da PF cumpriu 19 mandados de busca e apreensão em Campo Grande. As ações foram na mansão do ex-secretário estadual de Obras, Edson Giroto; na residência do empresário João Amorim (dono da Proteco Construções), Seinfra (Secretaria Estadual de Infraestrutura) e empresas. Foram apreendidos 100 mil dólares, três mil euros, R$ 210 mil em espécie e R$ 195 mil em cheques.

A CGU mirou em obras com recursos federais e identificou prejuízo de R$ 11 milhões ao avaliar contratos de R$ 45 milhões. As irregularidades foram detectadas no aterro sanitário de Campo Grande, executado por meio de parceria com a prefeitura de Grande; na MS-430 e em parte da avenida Lúdio Martins Coelho, obras do governo do Estado com recursos federais do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).



Não investigou e talvez nem vai investigar. Pegou o trem andando (investigação do MPF e PF). O câncer está (...) está instalado nos poderes do MS. Um absurdo. Para que serve esse na verdade esse MPE e TCE??
 
Gilmar Carvalho em 05/08/2015 18:10:55
Se esses políticos fossem do PT, com toda certeza já estariam presos, infelizmente nossa esperança é só a PF, MPF e tudo que for federal, pois, a rede de amigos aqui é forte.
 
Gilson em 05/08/2015 16:56:27
Parabéns Deputado!
 
Jara em 05/08/2015 15:10:37
Parabéns Deputado!
 
Marcio da Silva Jara em 05/08/2015 15:10:11
Parabéns Deputado!!!
 
Jara em 05/08/2015 15:09:05
Nunca fui simpático à este cidadão, mas admito: desta vez ele está com toda razão!
O MPE-MS aparentemente tem suas ações baseadas em dois pesos e duas medidas.
Vamos ver como fica daqui para frente.
O Zeca tem toda razão: é uma vergonha!
 
SeiQueNadaSei_CGRMS em 05/08/2015 12:26:03
Zeca, não perca seu tempo com o MPE e TCE.
São órgãos totalmente viciados.
Não vão investigar/fiscalizar nada que possa prejudicar a "turma".
 
Critico em 05/08/2015 12:06:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions