ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 22º

Política

Deputados do PMDB minimizam apoio de Marquinhos Trad a candidatura de Azambuja

Por Wendell Reis | 07/03/2012 12:41

Jerson Domingos e Eduardo Rocha defendem a liberdade na escolha de apoios políticos

Jerson avalia que não há problemas na manifestação de preferências porque as candidaturas não foram oficializadas(Foto: João Garrigó)
Jerson avalia que não há problemas na manifestação de preferências porque as candidaturas não foram oficializadas(Foto: João Garrigó)

O presidente da Assembleia Legislativa, Jerson Domingos (PMDB), e o líder do PMDB na Assembleia, Eduardo Rocha, não acreditam que a declaração de apoio de Marquinhos Trad (PMDB) a candidatura de Reinaldo Azambuja (PSDB) traga grandes problemas dentro do partido.

O deputado Jerson Domingos analisa que o apoio de Marquinhos é uma posição pessoal e que deve ser respeitada: “É uma posição pessoal do Marquinhos. Respeito o ponto de vista individual. Não é insubordinação. As candidaturas ainda não foram registradas”.

Jerson avalia que enquanto as candidaturas não foram oficializadas, não há problemas na manifestação de preferências e diz que ainda há muito tempo para conversas entre os partidos: “É um processo normal da democracia”.

O deputado Eduardo Rocha também não entende que as declarações de Marquinhos sejam tão graves. O deputado alega que em todos os partidos há quem apóie um ou outro candidato: “Quem sou eu para julgar quem vai apoiar quem. Todo mundo é livre. Não vejo problema”.

Ao defender a candidatura de Azambuja, Marquinhos disse que não poderia ser punido e lembrou de exemplos dentro do PMDB onde não ocorreram punições. Para defender sua liberdade de escolha, lembrou do apoio declarado de Jerson Domingos à candidatura de Delcídio Amaral (PT) para o Governo do Estado em 2014.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário