A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

30/07/2016 11:18

'É mais fácil prender o Zorro', diz Delcídio sobre denúncia de extorsão

EMS o acusa de pressionar para que empresa quitasse dívida de campanha

Anahi Zurutuza
Ex-senador se defende de acusações de empresa farmacêutica (Wilson Dias/Agência Brasil)Ex-senador se defende de acusações de empresa farmacêutica (Wilson Dias/Agência Brasil)

O ex-senador Delcídio do Amaral (ex-PT-MS) considera infundada e “absolutamente ridícula” a denúncia feita pela EMS, maior fabricante de medicamentos do Brasil, que o acusa de ter tentado extorqui-la, em 2014, em R$ 1 milhão. “É mais fácil o Sargento Garcia prender o Zorro do que essa denúncia ser verdadeira”, afirmou, por meio da assessoria de imprensa.

Os detalhes da acusação constam em reportagem publicada pela Folha de S. Paulo neste sábado (30).

De acordo com a reportagem da Folha, a fabricante de remédios alega que Delcídio usou seu prestígio como senador e proximidade com a então presidente Dilma Rousseff (PT) para pressioná-la.

Troca de acusações – Delcídio queria o dinheiro para quitar uma dívida de campanha, segundo a denúncia. A EMS foi citada pelo ex-senador em delação premiada feita à Operação Lava Jato e foi na defesa que a empresa apresentou à Justiça na semana passada contra as acusações feita por Delcídio, que a farmacêutica falou da tentativa de extorsão.

Pela versão da EMS, um assessor do então senador, identificado como Diogo, foi quem a procurou a empresa no fim de 2014 pedindo que o acerto da dívida. Diante de uma negativa, teria vindo a ameaça: “Você sabia que Delcídio é senador e amigo pessoal da presidente da República?”.

O ex-senador disse também, ainda por meio da assessoria de imprensa, que conhece Diogo e sabe que ele jamais faria este tipo de coisa.

O Sargento Garcia é o policial que tenta sem sucesso prender Zorro na ficção. O personagem principal, criado no século passado, é um bandido mascarado vestido de preto e que defende o povo da Califórnia contra vilões e governantes autoritários. A expressão é usada em referência a situações impossíveis. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions