A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

29/05/2017 22:22

Em reunião, professores recebem garantia de cumprimento da Lei do Piso

Nyelder Rodrigues
Membros do governo e da Fetems se reuniram nesta segunda para discutir a questão (Foto: Divulgação/David Magela)Membros do governo e da Fetems se reuniram nesta segunda para discutir a questão (Foto: Divulgação/David Magela)

Representantes do Governo do Estado e dos professores da rede estadual se reuniram na noite desta segunda-feira (29) em Campo Grande para discutir reivindicações salariais da categoria. Os servidores saíram do encontro com a garantia de que todos educadores que trabalham a partir de 20h semanais recebam o piso nacional.

Participaram do encontro o secretário estadual de Administração, Carlos Alberto de Assis, e o adjunto da pasta, Édio de Souza Viegas, além do presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Botarelli e o secretário de Finanças da entidade, Jaime Teixeira.

Assis apresentou proposta que prevê a todos os professores da ativa a garantia de continuarem recebendo no mínimo um salário equivalente ao piso nacional, onde está prevista jornada de 40h semanais. No ano passado, Mato Grosso do Sul apareceu em 1º lugar no ranking nacional do piso salarial da Educação.

Integraram ainda a proposta estadual a efetivação da promoção por merecimento e da política de desenvolvimento com o Programa Gestão por Competência, manter o acesso da Fetems e demais sindicatos da categoria às contas do Governo estadual, manter a prioridade do pagamento em dia e a continuidade do diálogo.

Foi proposta ainda a repactuação dos prazos para aplicação de reajuste sobre a Lei do Piso, com prorrogação para 2018, em virtude da queda da receita estadual, bem como da necessidade de as contas estaduais se submeterem à Emenda Constitucional 77, de 18 de abril de 2017, que trata do limite de gastos.

A proposta do Governo será levada pela Fetems à categoria. Nesta terça-feira (30), está prevista em todo o Mato Grosso do Sul uma paralisação dos profissionais da educação estadual.

"O diálogo com os representantes sindicais acontece durante todo ano. O importante é que o Governo tem mantido uma conversa franca e transparente com todos, e acredito que chegaremos num consenso com a Fetems, num acordo que fique bom para todos", afirma o titular da SAD, Carlos Alberto de Assis.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions