A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

12/09/2018 08:34

Equipes da PF deixam prédio do governador com malote e mochila

Polícia Federal cumpre 14 mandados de prisão e 41 de busca e apreensão

Mayara Bueno e Mirian Machado
Equipes da PF deixam o prédio onde o governador Reinaldo vive. (Foto: Henrique Kawaminami).Equipes da PF deixam o prédio onde o governador Reinaldo vive. (Foto: Henrique Kawaminami).

Equipes da PF (Polícia Federal) deixaram o prédio onde mora o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), no Jardim dos Estados, em Campo Grande, por volta das 8 horas. Os policiais chegaram na residência às 5h50.

Sem falar com a imprensa, uma equipe com três pessoas saiu primeiro, carregando uma maleta e um mochila. Logo depois, outro grupo com quatro homens deixou o prédio segurando um malote com o nome da PF.

A reportagem apurou que, na casa, havia empregados e que os familiares não estariam no momento. Assim que as equipes deixaram o prédio, um carro descaraterizado estacionou e uma pessoa entrou no local.

Resumo -  O Campo Grande News apurou que a ação é relativa ao inquérito que tramita no STJ (Superior Tribunal de Justiça) sobre as denúncias da JBS de suposto pagamento de propinas. 

As denúncias, que também implicaram o ex-governador André Puccinelli (MDB), que está preso, surgiram na delação premiada dos empresários Joesley e Wesley Batista, realizada em maio do ano passado à operação Lava Jato.

Segundo os empresários, era comum a emissão de notas falsas pela compra de gado ou carne bovina para justificar o pagamento de propina em troca de incentivos fiscais. O advogado Gustavo Passarellim que atua na defesa de Reinaldo, chegou ao local e disse a imprensa que não sabe o motivo da ação.

A operação Vostok tem 14 ordens de prisão temporária e mobiliza 220 policiais. Ao todo, a PF (Polícia Federal) vai cumprir 41 mandados de buscas e apreensão. A ação é realizada em Campo Grande, Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes de Laguna; e Trairão, no Pará.

Vostok é o nome de uma estação de pesquisa russa localizada na Antártida onde já foi registrada uma das menores temperaturas da Terra. O nome faz referência às notas fiscais frias utilizadas para a dissimulação dos pagamentos.

Confira, abaixo, vídeo que mostra as equipes saindo o prédio do governador:



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions