ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 29º

Política

Esforço para “coalizão” deve envolver cinco secretarias de Bernal

Zemil Rocha | 07/12/2013 16:32
Bernal está disposto a mexer nas secretarias para garantir governabilidade (Foto: Paulo Francis)
Bernal está disposto a mexer nas secretarias para garantir governabilidade (Foto: Paulo Francis)

As articulações do secretário municipal de Governo, Pedro Chaves, estão envolvendo pelo menos cinco secretarias e agências da Prefeitura de Campo Grande para construir a governabilidade. “Essas alterações serão feitas para atender pedidos de vereadores que estão vindo para a base de apoio ao prefeito”, informou um secretário de Alcides Bernal (PP).

Segundo esse secretário, estão em negociação para implantar o “governo de coalizão” mudanças de titulares da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Emha (Agência Municipal de Habitação) e IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande), além do preenchimento de vagas em duas secretarias, da Juventude e da Mulher.

A vinda do vereador Edson Shimabukuro (PTB) para a base, segundo esse secretário, teria como condição a indicação do substituto de Kátia Castilho na Agetan, órgão que também atrai o interesse do vereador Airton Saraiva (DEM). O vereador Paulo Pedra (PDT) seria contemplado com indicação para a Emha.

A vinda de Paulo Siufi (PMDB) e Jamal Salem (PR) poderia ser conquistada com a escolha do titular do IMPCG, atualmente conduzida cumulativamente pelo secretário de Administração, Ricardo Ballock, e posições na Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Hoje, durante a posse do novo presidente regional do PT, o prefeito Alcides Bernal deixou claro que está disposto a abrir vagas no secretariado para construir o governo de "coalizão". Evidenciou também sua disposição de aceitar o apoio de todos os vereadores que quiserem integrar a base, inclusive do peemedebista Paulo Siufi, que foi presidente da CPI do Calote, em cujo relatório se baseou a denúncia que resultou na abertura da Comissão Processante na Câmara. "Siufi é sim bem-vindo, se for para trabalhar por Campo Grande", afirmou Bernal.

Quanto à Secretaria da Mulher, os articuladores políticos de Bernal já teriam sondado Tatiana Ujakov, que hoje está filiada ao PSB, do vereador Carlos Augusto, o Carlão. Para a Secretaria da Juventude, estaria havendo um esforço para convencer o vereador Waldecy Chocolate (PP) a aceitá-la, a fim de que ele volte a integrar a base de apoio de Bernal.

Na opinião do secretário ouvido pelo Campo Grande News, as primeiras nomeações já devem ocorrer na terça ou quarta-feira da semana que vem. “Não terá anúncio. O prefeito vai anunciar já nomeando”, explicou o integrante do primeiro escalão de Bernal.

 

Nos siga no Google Notícias