A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/04/2014 16:36

Gilmar fica irritado com imprensa por questionamentos sobre o Gaeco

Josemil Arruda e Zana Zaidan
Gilmar discursando durante o lançamento das Olimpíadas na Mace. (Foto: Alessandro Martins)Gilmar discursando durante o lançamento das Olimpíadas na Mace. (Foto: Alessandro Martins)

O prefeito Gilmar Olarte demonstrou certa irritação com a imprensa esta tarde, após a abertura dos Jogos Escolares Olímpicos, no Colégio Mace, pela insistência nos questionamentos sobre a investigação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

Olarte ocupou palanque e tentou sair rapidamente após a solenidade de abertura dos jogos para evitar a imprensa, que correu atrás dele. Diante das circunstâncias, acabou respondeu há algumas perguntas.

“Vocês vão tocar nesse assunto de novo?”, indagou o prefeito diante as questões dos jornalistas sobre quando ele irá depor no Gaeco, que o intimou em sua residência durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão na manhã do dia 11 de abril.

Gilmar Olarte lamentou que o assunto esteja em evidência na mídia. “Vocês estão muito preocupados com isso. Eu não estou preocupado com isso”, afirmou o chefe do Executivo municipal.

Especificamente sobre a data de seu depoimento ao Gaeco, em atendimento à convocação do promotor Marcos Alex Vera, o prefeito não confirmou que será na semana que vem. “Quem sabe são meus advogados”, disse aos repórteres.

Questionado, o prefeito voltou a negar, ainda, que a investigação tenha qualquer relação com agiotas. Também negou-se a dar mais detalhes sobre a declaração feita em agenda pública, na manhã de hoje, sobre o trabalho do Gaeco investigar a ação de um estelionatário. 

Sem responder a mais nenhuma outra pergunta e com a ajuda de assessores, que tentavam blindá-lo do assédio da imprensa, Olarte foi em direção ao seu carro, entrou e foi embora.

 

 

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions