A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

05/10/2015 22:43

Gilmar Olarte passa mal em presídio e é encaminhado ao hospital sob escolta

Edivaldo Bitencourt e Paulo Yafusso
Gilmar (quando era levado para o presídio na sexta-feira) está sob escolta da Polícia no hospital (Foto:Arquivo)Gilmar (quando era levado para o presídio na sexta-feira) está sob escolta da Polícia no hospital (Foto:Arquivo)

Preso desde a madrugada de sexta-feira (2), o prefeito afastado de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), passou mal no Presídio Militar por volta das 22h desta segunda-feira (5) e foi encaminhado para o Hospital Unimed Campo Grande. Ele está recebendo atendimento médico e sob escolta da Polícia Militar. 

Na Companhia de Guarda e Escolta, onde ele está detido por determinação judicial desde a tarde de sexta-feira, a informação é de que o progressista teve uma indisposição e foi encaminhado para atendimento médico em regime de urgência. 

Segundo o advogado Jail Azambuja, Olarte teve um problema de hipertensão (pressão alta) e foi encaminhado para atendimento médico. O prefeito deve ser medicado e pode voltar para o presídio.

Nesta terça-feira, ele deve prestar depoimento ao Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) sobre a Operação Coffee Break. O prefeito é acusado de comandar um suposto esquema de compra de votos dos vereadores para cassar o mandato de Alcides Bernal (PP).

Olarte se entregou após ter a prisão temporária decretada pelo desembargador Luiz Cláudio Bonassini da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul. Ele recorreu ao Superior Tribunal de Justiça e tinha a esperança de obter o mesmo direito do empresário João Amorim, que ficou preso apenas 34 horas.

Não há informações sobre a gravidade do estado de saúde de Olarte.

Ele está preso em uma cela de 9 metros quadrados, com um violão e uma bíblia. Ele está proibido de receber visitas e se alimentou com a mesma comida dada aos demais presos do complexo prisional de Campo Grande.




Sr.(a) ProntoFalei, ser indiferente se foi o mentor é o mesmo que dar um cheque em branco para a(s) pessoa(s) que estão por trás disso a continuarem praticando tais atrocidades contra o erário e o pior, conseguindo se eleger no próximo pleito sem responder por nada... Devemos conhecer o passado, corrigir os erros e ter um futuro um pouco melhor longe desta horda de pilhagem.
 
TIJUANO em 06/10/2015 09:35:20
Pra mim é indiferente se foi o mentor ou não....que ele esta envolvido está e que aceitou ser o testa de ferro também...então que pague pelo seu erro e sua ganância.
Porque o fato é que está nadando no nosso dinheiro, afinal é com o nosso dinheiro que está pagando os milhões para seus advogados.
 
ProntoFalei em 06/10/2015 09:11:04
Inquestionável é a a culpabilidade do homem, mas, cabe uma pergunta, será que foi ele mesmo que COMANDOU um suposto esquema de compra de votos dos vereadores para cassar o mandato de Alcides Bernal (PP), ou foi apenas mais um boi de piranha de mente(s) mais privilegiada(s)??? Eh, são perguntas que nós pobres mortais de fato não vamos ficar sabendo tão cedo não é mesmo?!!!
 
TIJUANO em 06/10/2015 08:03:44
Pelo jeito o Seu Gilmar foi bem orientado. Primeiro passo pra ele cumprir a pena em casa. Etaaaa Brasil
 
Douglas em 06/10/2015 07:34:13
Da um cafezinho que ele melhora!!
 
Douglas em 06/10/2015 05:40:44
Está fazendo Cena. Lugar de Corrupto é na cadeia. Na hora de meter a mão no nosso dinheiro, receber propina pra lá e pra cá, gozava de saúde e alegria!!
 
Douglas em 06/10/2015 03:54:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions