A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Abril de 2018

13/04/2018 11:43

Governador destaca aumento de promoção e concursos na Segurança

Nesta sexta-feira, 39 militares se formaram em curso que os habilita à subir para patente de major

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Governador Reinaldo Azambuja discursa no evento de formatura. (Foto: Marina Pacheco).Governador Reinaldo Azambuja discursa no evento de formatura. (Foto: Marina Pacheco).

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) destacou a realização de promoções e concursos que reforçaram a segurança pública no Estado. Nesta sexta-feira (dia 13), 39 pessoas da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros se formaram no curso de aperfeiçoamento de oficiais.

Diante da crise no setor, afirmou Azambuja, MS conseguiu investir recursos financeiros ao aplicar "mais de R$ 100 milhões" por meio do programa MS Mais Seguro, fazendo promoções de policiais e promovendo concursos públicos.

"Com isso, avançamos nos indicadores de segurança pública". O quadro faz com que o Estado tenha um dos menores índices violência do País e que seja um dos mais seguros, afirma. Para o governador, os cursos valorizam a polícia e melhora o desempenho dos militares na prática.

Voltou a dizer que o governo federal precisa olhar para MS, especialmente a fronteira, com o mesmo olhar que cuida do Rio de Janeiro (RJ). Reforçou o que tem dito sempre à respeito de ser o DOF (Departamento de Operações da Fronteira) ser o principal responsável por apreensões de drogas na região fronteiriça.

O secretário de Segurança, Antônio Carlos Videira, disse que se reuniu com o ministro de Segurança, Raul Jungmann, em encontro cujo principal de discussão foi a cobrança de celeridade nos investimentos.

Formatura- Se formaram no curso de aperfeiçoamento de oficiais 39 militares, dos quais 29 são da PM de MS, três da PM do PR e sete do Corpo de Bombeiros do Estado. A formatura ainda não os habilita para promoção à patente de major, porém os credencia para que, quando novas vagas forem abertas, os militares sejam promovidos.

Orador da turma, João Paulo Moraes de Lima, iniciou o discurso homenageando o policial morto durante uma perseguição, Ronaldo Orquiola de Souza.

No curso, foram ministradas aulas de direitos humanos, administração pública, crime organizado, segurança na fronteira, direito penal e administrativo, além de polícia preventiva e intervenção no Rio de Janeiro.

De acordo com o coronel Valdir Ribeiro da Costa, comandante da Polícia Militar, só em março foram realizados seis cursos de cabo, dois para sargento e um superior voltado para policiais. O mais recente, cuja formatura foi hoje, foi de aperfeiçoamento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions