A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/06/2016 10:29

Governo autoriza licença de sete servidores para disputarem a eleição

Na lista, estão o secretário de Cultura e o ex-prefeito de Corumbá

Mayara Bueno
Governadoria. (Foto: Fernando Antunes)Governadoria. (Foto: Fernando Antunes)

Nesta quinta-feira (2), o governo de Mato Grosso do Sul autorizou sete pessoas, dentre elas o secretário de Cultura, a se licenciarem para disputa das eleições deste ano. O afastamento cumpre a regra de desincompatibilização de ocupantes de cargos públicos para concorrerem ao pleito.

O titular da Sectei (Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação), Athayde Nery, confirmou, na quarta-feira (1º), o pedido de afastamento do cargo para concorrer à Prefeitura de Campo Grande. Hoje, a oficialização foi publicada no Diário Oficial. 

Pela legislação eleitoral, ocupantes de cargos precisam deixar o cargo. A vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), deixou em março a Secretaria de Direitos Humanos e Assistência Social, com o objetivo de concorrer ao Paço Municipal. Ela já é oficialmente pré-candidata.

Também foi afastado Ruiter Cunha de Oliveira, ex-prefeito de Corumbá e que ocupa o cargo de auditor fiscal da Receita Federal, com “vista à candidatura às eleições municipais”, traz o decreto.

Outros quatro servidores – três da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) e um da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) – também se licenciaram para concorrer a cargos eletivos. Os delegados de polícia Carlos Henrique Serafim, Jaiza dos Santos e Wellington de Oliveira, além de Haroldo Waltencyr Ribeiro Cavassa, fiscal tributário estadual, receberam licença de 2 de junho a 12 de outubro de 2016.

Ocupante do cargo de auditor fiscal da Receita Federal, Fabrício Venturoli Lunardi, também teve o afastamento concedido. Da mesma forma, o motivo é desincompatibilização para disputa eleitoral.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions