A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/03/2012 12:36

Governo de MS que incluir duplicação de trecho da BR-163 no PAC

Aline dos Santos e Wendell Reis

O orçamento da obra ainda está sendo fechado, mas pode chegar a R$ 600 milhões

Governador mandou que projeto fosse levado a Brasília. (Foto: Marlon Ganassin)Governador mandou que projeto fosse levado a Brasília. (Foto: Marlon Ganassin)

O governo de Mato Grosso do Sul quer incluir a duplicação de trecho da BR-163 – entre o posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e Jaraguari - no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Amanhã, no Distrito Federal, a viabilidade econômico-financeira da proposta será discutida no Ministério do Planejamento. “Por determinação do governador, vou levar o projeto de duplicação para Brasília”, afirmou o deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Campo Grande, Edson Giroto (PMDB), durante o lançamento das obras da Cidade do Ônibus.

O projeto de duplicação do trecho foi elaborado pelo governo do Estado, com a proposta de melhorar o tráfego em parte da BR-163, que ostenta o título de Rodovia da Morte, além de atender as empresas que se instalam às margens da rodovia.

Conforme o deputado, orçamento com o valor da obra ainda está sendo fechado, mas, ele calcula que chegue a R$ 600 milhões. “É um projeto diferenciado, com iluminação, viadutos, barreira de proteção, retornos. Não é um projeto comum”, explica.

O projeto tem R$ 70 milhões destinados por emendas do deputado federal e do senador Waldemir Moka (PMDB). “Isso é para iniciar”, diz Giroto.

Para sair do papel, o projeto precisa vencer várias etapas. Como o aval do Ministério do Planejamento e análise técnica. Esta última deve ser feita pela superintendência do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) em Mato Grosso do Sul.

Conforme o DNIT, o projeto ainda está com o governo do Estado, que pode doar o estudo ao governo federal ou fazer um convênio para o aproveitamento da proposta. Em Mato Grosso do Sul, o órgão é administrado de forma interina desde janeiro.

A situação foi questionada hoje pelo governador André Puccinelli (PMDB). “Está enrolado tudo, onde não tem cabeça. Obrigação de nomeação é do Governo Federal. Eu não me meto, nunca tive, não tenho e não pretendo ter cargo de nada. O DNIT é nacional, e o ministro dos Transportes e a Casa Civil que decida” afirmou.

Pedágio - Desde 2007 Puccinelli pede a duplicação da BR-163, que tem 840 km de extensão, indo de Mundo Novo a Sonora. O plano é que a União repasse a via para o governo do Estado. Puccinelli quer implantar a cobrança de pedágio. A concessão onerosa seria válida por 25 anos.

Cidade do Ônibus - Localizado na saída para São Paulo, região do bairro Moreninhas, o projeto, orçado em R$ 50 milhões, prevê a concentração das empresas de transporte interestadual e intermunicipal. A obra foi lançada hoje no Pólo Empresarial Sul Wilmar Lewandowski.

O objetivo é reduzir o congestionamento das ruas, degradação do asfalto e emissão de dióxido de carbono.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


Olhem as estradas dos paises de 1° mundo. a maioria duplicada. façam igual as de lá. diminuiria em muito os acidentes...... nesse paise as pista duplicadas sao todas fechadas diminuindo assim os acidentes. que cobrem os pedagios, mas para uma pista com condiçoes para trafegar, nao so para arrecadar dinheiro....para andar numa rodovia sem buraco vale a pena pagar so que um preço justo..
 
thiago souza em 29/03/2012 06:09:10
APROVADO A IDEA
 
AILTON L ROCHA em 29/03/2012 03:27:35
Já está na hora de duplicar a BR-163.
O grande fluxo de carretas e bitrens nessa rodovia é gritante.
Para dar segurança a todos que trafegam nessa rodovia a duplicação é imprescindível, mesmo que seja privatizada.
 
Ricardo Machado em 29/03/2012 02:09:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions