A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

31/01/2014 12:18

João Rocha nega ser da base de Bernal e se declara "independente"

Leonardo Rocha
João Rocha diz que não foi procurado pelo prefeito e não faz parte da base de Bernal (Foto: Divulgação)João Rocha diz que não foi procurado pelo prefeito e não faz parte da base de Bernal (Foto: Divulgação)

Apesar da base aliada do prefeito Alcides Bernal (PP) contar com a participação do vereador João Rocha (PSDB), no grupo aliado, ele afirmou que não foi procurado e está fora da base, mantendo sua postura de "independência" na Câmara Municipal.

“Não fui procurado no final do ano e nem no começo de 2014, continuo com a minha postura de independência, não há nada acertado”, afirmou João Rocha.

O vereador tucano afirmou vai se posicionar nas votações na Câmara, analisando caso a caso, sem preferência pela oposição ou situação. “Como fiz ano passado, sempre vou decidir o que acredito ser melhor para Campo Grande, sendo do interesse do prefeito ou não”, apontou.

João Rocha voltou a ressaltar que a direção estadual do PSDB concedeu “liberdade” para que cada vereador do partido possa tomar “suas próprias” decisões no legislativo. “Temos esta condição, então precisamos tomar as decisões com responsabilidade”.

O vereador Alex do PT, líder do prefeito, já havia incluído João Rocha como integrante da base aliada, pelo fato de João Rocha ter votado contra a abertura da Comissão Processante, no ano passado.

O petista ainda mencionou que precisava de uma “articulação” maior com a Professora Rose (PSDB), que votou a favor da investigação contra Bernal, pois João Rocha já estava dentro do grupo.

No início da gestão de Bernal, o vereador tucano indicou Leila Machado, sua antiga assessora, para assumir a presidência da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), no entanto após o seu pedido de desligamento do PSDB, o vereador estaria afastado “politicamente” da secretária.

Acerto – Mesma situação também está o vereador Alceu Bueno (PSL), que apesar de ser citado como integrante da base, afirmou, nesta semana, que só vai “ingressar” no grupo de aliados, quando o prefeito Alcides Bernal (PP) ceder ao menos uma secretária para o seu partido. “Até lá não existe nada acertado”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions