A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

25/03/2019 14:00

Justiça manda soltar Michel Temer quatro dias após prisão

Determinação do TRF inclui também pedido de liberdade do ex-ministro Moreira Franco

Mayara Bueno
Ex- presidente da República, Michel Temer (MDB).(Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo).Ex- presidente da República, Michel Temer (MDB).(Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo).

O TRF (Tribunal Regional Federal) da 2ª Região determinou nesta segunda-feira (dia 25) a soltura do ex-presidente da República, Michel Temer (MDB). As informações foram divulgadas há pouco pelo Estadão.

Segundo o jornal, o advogado Eduardo Canelós confirmou a notícia a aliados de Temer. A decisão é do desembargador Antonio Ivan Athié. Ele é relator do habeas corpus dos advogados de Temer, que contestam o decreto de prisão emitido pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, responsável pela Operação Lava Jato. A determinação inclui a liberdade do ex-ministro Moreira Franco.

Temer foi preso na quinta-feira (dia 22), em São Paulo, em investigação que mira suposto pagamento de propina de R$ 1 milhão da Engevix na Operação Descontaminação. No mesmo dia, foram detidos o ex-ministro Moreira Franco (MDB) e outros oito sob suspeito de intermediar vantagens indevidas ao ex-presidente.

A Polícia Federal (PF) tentava rastrear e confirmar a localização de Temer, um dia antes da prisão. Por isso, a operação prevista para as primeiras horas da manhã de quinta-feira atrasou. O ex-presidente foi pego quando saia de casa, de carro. 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions