A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/05/2016 19:07

Lei da bolsa universitária completa quatro anos sem nenhum jovem beneficiado

Sancionada em 2012, a Lei prevê ajuda do Município para jovens freqüentares universidades da Capital

Alberto Dias

Nesta terça-feira (3) completará quatro anos que o Executivo de Campo Grande se comprometeu em garantir bolsas universitárias para jovens de baixa renda. Sancionada pelo então prefeito Nelson Trad Filho em 3 de abril de 2012, a Lei n° 5.059 nunca foi aplicada. À época, o chefe do Executivo alegou que tal despesa não estava prevista para o orçamento daquele ano.

Em fevereiro de 2014, a então vereadora Rose Modesto (PSDB), autora do projeto, propôs emenda para garantir R$ 3,5 milhões do orçamento municipal para este fim. Porém, a proposta foi vetada pelo recém empossado prefeito Alcides Bernal (PP). 

Para cobrar providências junto ao Legislativo, o presidente da Juventude do PSDB, Rafael Rodrigues, usará a tribuna da Câmara durante a sessão desta terça-feira (3), a convite do vereador Dr. Livio Viana (PSDB). “Precisamos cobrar isso do prefeito Alcides Bernal porque se trata de um projeto aprovado de maneira unânime pela casa e depois de quatro anos ainda não foi implementado. Queremos saber o porquê. ”, indagou Rodrigues.

A lei prevê descontos de 10 a 50% nas mensalidades, custeadas pelo município, podendo chegar a 80% em alguns casos.

Histórico – O assunto já causou polêmica na Câmara Municipal. Em 2014, Rose Modesto criticou duramente o veto de Alcides Bernal que inviabilizou as bolsas a estudantes sem condições de arcar com as mensalidades em faculdades particulares. “A lei foi aprovada em 2012, com a presença de mais de dois mil universitários. Em 2013, não havia recurso para ser implementada e, por isso, negociamos com a SAS (Secretaria Municipal de Assistência Social). O que me frustra é que é lei e não regulamenta. Se não cumprir vamos para a rua”, disse Modesto na ocasião.

Vereadora questiona veto de R$ 3,5 milhões de Bernal para bolsa universitária
A vereadora Rose Modesto (PDSB) criticou duramente, nesta quinta-feira (6), o veto do prefeito Alcides Bernal (PP) a uma emenda que destinava R$ 3,5 ...
Prefeito sanciona Lei da Bolsa Universitária Municipal nesta terça-feira
O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), tem dois compromissos públicos agendados nesta terça-feira (3).Por volta das 8h30, Trad partic...
Vereadores aprovam projeto que cria Bolsa Universitária municipal
Com o plenário lotado de estudantes, os vereadores de Campo Grande aprovaram, em segunda votação e por unanimidade, o projeto que autoriza a prefeitu...
Audiência na Câmara discute hoje projeto sobre Bolsa Universitária
A Câmara Municipal de Campo Grande realiza audiência pública nesta sexta-feira, a partir das 9h, para discutir o projeto da Bolsa Universitária Muni...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions