A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

22/08/2017 13:23

Mais educação para MS não ser ‘só agro’ era um dos lemas de Pedrossian

Quem viveu as gestões do ‘homem de Miranda’ lembra da construção das UFMS, UFMT e UEMS

Gabriel Maymone e Leonardo Rocha
Deputado estadual Onevan de Matos afirma que investimentos na educação feitos por Pedrossian transformaram MS (Foto: Marcos Ermínio)Deputado estadual Onevan de Matos afirma que investimentos na educação feitos por Pedrossian transformaram MS (Foto: Marcos Ermínio)

Amigos e pessoas que trabalharam com Pedro Pedrossian destacaram a preocupação do ex-governador com a educação para que Mato Grosso do Sul não fosse apenas um estado agrícola e começasse a se desenvolver. O “homem de Miranda” foi responsável pela criação da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso).

Para o deputado estadual Onevan de Matos (PSDB), que também exercia mandato político no mesmo cargo, na época em que Pedrossian era governador, os investimentos na educação transformaram o Estado. “Foi um grande cidadão. Transformou o Estado de apenas agrícola para começar a ter desenvolvimento”, pontuou.

Se intitulando como o “amigo verdadeiro” de Pedrossian, o ex-presidente da Acrissul (Associação de Criadores de Mato Grosso do Sul) e atual presidente da Frente Nacional pela Pecuária (Fenatec), Francisco Maia, lembra quando o ex-governador ainda estava idealizando a implantação da UEMS e fazendo planos para Dourados. 

Francisco Maia lembra de Pedrossian projetando Dourados como polo de desenvolvimento (Foto: Marcos Ermínio)Francisco Maia lembra de Pedrossian projetando Dourados como polo de desenvolvimento (Foto: Marcos Ermínio)

“Estávamos sobrevoando Dourados e ele disse que lá não poderia ser apenas agrícola, mas sim um polo de desenvolvimento e foi por isso que criou a UEMS lá”, recordou Maia, afirmando que o amigo conseguiu a 'imortalidade'. “Quando você anda pelas ruas, sente a presença dele em obras e feitos”, concluiu.

O médico Alfredo Pinto Arruda, que trabalhou como chefe de gabinete de Pedrossian entre 1991 e 1994, também destacou a preocupação do ex-governador com a educação. “Em seus projetos e ações sempre pensava nos mais pobres”, afirmou, destacando o pensamento do ex-governador na educação ao criar três universidades.

Secretário de planejamento nos anos de 1981 e 82, Wagner Bertolin, que também trabalhou com Pedrossian em outras duas ocasiões, disse que o ex-governador pensava em Mato Grosso do Sul 24 horas por dia. “Ele sempre tinha ideias novas de projetos que queria implementar. Ele sempre perguntava para os secretários: ‘Quando vocês estavam tomando banho ou passeando, o que vocês pensaram para o Estado?’”, relembrou.

Pedrossian foi governador por três vezes, de 1966 e 1971. Em 1980, foi nomeado para comandar Mato Grosso do Sul, posto que retomou em 1991, quando foi eleito nas urnas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions