A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

06/06/2019 10:38

Na Famasul, governador anuncia mudança de comando da Iagro

Luciano Chiochetta deixa o cargo e o engenheiro agrônomo Daniel Ingold assume a chefia da agência

Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha
Daniel Ingold na plateia durante evento na Famasul; na segunda-feira, ele assume a direção da Iagro (Foto: Marina Pacheco)Daniel Ingold na plateia durante evento na Famasul; na segunda-feira, ele assume a direção da Iagro (Foto: Marina Pacheco)

A partir de segunda-feira (10), a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do Mato Grosso do Sul) terá novo comando. O atual diretor-presidente Luciano Chiochetta deixa o cargo e Daniel Ingold assume a chefia da agência.

O anúncio foi feito pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) durante evento na Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul). O chefe do Executivo disse que a mudança atende a pedido do setor, mas que Chiochetta não deixa o governo. Ele assumirá cargo na Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

“A principal missão da Iagro é conseguir o certificado de erradicação de febre aftosa sem vacinação e para isso a agência vai precisar da cumplicidade, da ajuda dos órgãos voltados ao setor rural”, justificou o governador.

Reinaldo agradeceu o trabalho feito por Luciano Chiochetta. “Teve papel extraordinário”.

O chefe do Executivo lembrou do caso atípico de vaca louca identificado no Mato Grosso e dos reflexos negativos já sentidos no setor. “Por isso a importância da Iagro na fiscalização”, ponderou sobre o papel fundamental da agência na vigilância sanitária.

O ainda diretor-presidente concordou com o governador sobre a necessidade de parceria entre a Iagro e a classe produtiva. “O sistema de defesa agropecuária não funciona sozinho, precisamos de parceria com outros órgãos”.

Na Famasul, Chiochetta assinou termo de cooperação com a Aprosoja-MS (Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul) para a troca de informações com cadastro de produtores, imagens de satélite e dados sobre a movimentação da produção. “Foi formalizada, mas a cooperação sempre existiu”, disse o diretor.

O presidente da federação Maurício Saito agradeceu ao governo por ter aceito a indicação. Daniel Ingold é engenheiro agrônomo, tem MBA em gestão empresarial, trabalha como consultor no agronegócio e ocupa cargo de direção no Sindicato Rural de Campo Grande.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions