ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  21    CAMPO GRANDE 18º

Política

“Não existe isso, vou continuar até o fim”, diz Trad sobre renúncia

Por Wendell Reis | 21/02/2012 20:41
Prefeito afirma que não vai renunciar para o irmão, Marquinhos Trad, se candidatar(Foto: João Garrigó)
Prefeito afirma que não vai renunciar para o irmão, Marquinhos Trad, se candidatar(Foto: João Garrigó)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), declarou na noite desta terça-feira (21), durante apuração do desfile das escolas de samba de Campo Grande, que não existe a possibilidade de renúncia em abril, para que seu irmão, o deputado Marquinhos Trad (PMDB), concorra a sua sucessão.

“Não existe isso. Vou continuar até o fim”, declarou o prefeito, confirmando que esta possibilidade foi levantada por algumas pessoas. Marquinhos Trad seria a aposta do PMDB para manter o comando da administração da Capital.

O deputado está entre os melhores colocados nas pesquisas de intenção de voto e seu nome chegou a ser lembrado durante reunião para definir as pesquisas para a escolha do representante do PMDB, mas é impedido de concorrer por ser irmão do atual prefeito. Apesar de muitos entenderem que ele não pode ser candidato, Marquinhos afirma que tem amparo judicial para concorrer se o irmão renunciar e espera que sua candidatura seja oficializada.

Questionado sobre a sua torcida na briga entre Luiz Henrique Mandetta (DEM), Paulo Siufi (PMDB) e Edson Giroto (PMDB), para ser o candidato do grupo político do prefeito e do governador André Puccinelli (PMDB), Marquinhos diz que não pode torcer para os outros se ainda concorre. O deputado revela que está aguardando um sinal divino para ser o candidato.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário