A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

01/09/2014 13:37

Nelsinho vê crescimento real de Marina, adversários dizem que é momentâneo

Leonardo Rocha
Nelsinho diz que crescimento de Marina já passou da fase de comoção, e que isto contribui para sua campanha (Foto: Marcelo Calazans)Nelsinho diz que crescimento de Marina já passou da fase de comoção, e que isto contribui para sua campanha (Foto: Marcelo Calazans)
Delcídio diz que é cedo para avaliar e que Marina não tem posições formadas (Foto: Marcelo Calazans)Delcídio diz que é cedo para avaliar e que Marina não tem posições formadas (Foto: Marcelo Calazans)

O ex-prefeito e candidato ao governo estadual, Nelsinho Trad (PMDB), acredita que este crescimento nas pesquisas da candidata a presidência da república, Marina Silva (PSB), é real e está consolidado, já seus adversários na eleição deste ano, em Mato Grosso do Sul, avaliam esta situação como momentânea.

"Este crescimento da Marina já passou da fase da comoção, neste momento as pessoas estão optando por ela por uma questão de mudança real na sociedade e política federal, uma nova perspectiva para população", ressaltou ele, durante entrevistas aos candidatos ao governo, na Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul).

Nelsinho explicou que este desempenho de Marina poderá trazer reflexos positivos para sua campanha, já que ele é o candidatos que apoia a ex-ministra em Mato Grosso do Sul. "Estamos juntos aqui, então nos ajuda ainda mais".

Os adversários do peemedebista, já possuem uma opinião contrária, destacando que a eleição ainda está no seu início, cedo para realizar projeções futuras. "Ainda não dá para avaliar, existe muita comoção em função da morte do Eduardo (Campos), a candidata ainda não tem posições formadas, só sabemos que o PSDB sai perdendo e que haverá segundo turno", afirmou o senador e candidato Delcídio do Amaral (PT).

Azambuja ressaltou que crescimento de Marina é momentâneo e que confia em virada de Aécio (Foto: Marcelo Calazans)Azambuja ressaltou que crescimento de Marina é momentâneo e que confia em virada de Aécio (Foto: Marcelo Calazans)

Já o deputado federal e candidato ao governo, Reinaldo Azambuja (PSDB), ponderou que este "crescimento" de Marina é momentâneo e que tem confiança em uma "reviravolta" de seu candidato a presidência. "O Aécio (Neves) está mais preparado, tem consistência em suas respostas, eu confio nele, estamos ainda há um mês da eleição, nós prevemos um crescimento na reta final".

Na última pesquisa do instituto DataFolha, divulgada no dia 29 de agosto, Marina já aparece empatada com Dilma Rousseff (PT), no primeiro turno, com 34% das intenções de voto, seguidas por Aécio Neves (PSDB) com 15%, Pastor Everaldo tendo 2%. Brancos e nulos somam-se 8% e não souberam responder 9%.

Já na simulação de segundo turno entre Marina e Dilma, a ex-ministra tem 10 pontos percentuais a frente da petista, com 50% contra 40%, sendo brancos e nulos 7% e 3% não souberam responder.
O levantamento foi realizado com 2.874 entrevistas, em 178 municípios, nos dias 28 e 29 de agosto, com margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00438/2014.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions