A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/03/2011 14:59

PDT quer tirar do PSDB vaga de vereador de Alcinópolis assassinado em 2010

Marta Ferreira

O PDT protocolou hoje na Câmara dos Vereadores de Alcinópolis requerimento pedindo para que a vaga deixada pelo ex-presidente da Casa, Carlos Antônio Carneiro, assassinado no dia 26 de outubro do ano passado, seja destinada a um vereador pededista. O cargo foi assumido, logo após a morte de Carlos Antônio, pelo vereador Passarinho da Saúde, que é do PSDB.

Passarinho ocupa hoje a vice-presidência da Câmara de Alcinópolis é da base do prefeito Manoel Nunes, apontado pela família do vereador morto como principal suspeito de ser o mandante do crime.

Em ofício encaminhado ao presidente da Câmara dos Vereadores, Valter Roniz (PR), o presidente do PDT na cidade, Altamiro França Guimarães, Dorisvaldo Cassununga, cita a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) segundo a qual o mandato é do partido e não da coligação e por isso as vagas deixadas por parlamentares devem ser ocupadas por colegadas de legenda.

Passarinho ficou como primeiro suplente da coligação, com 103 votos, pela coligação que reuniu o PDT e o PSDB, em 2008.

Para o PDT, porém, com a interpretação do Supremo, a vaga deve ser destinada a Dorisvaldo Cassununga, que teve 72 votos em 2008.

O ofício foi protocolado esta manhã na Câmara de Vereadores de Alcinópolis, que ainda não se manifestou oficialmente.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions